Conteúdo principal

USO DE NOTEBOOKS EM ESPAÇO DE ALIMENTAÇÃO – PODE OU NÃO?

No início do ano, viralizou nas redes sociais uma briga entre um cliente que usava seu notebook dentro de uma padaria em Barueri (SP) e o dono do estabelecimento. De um lado, o consumidor, que se sentiu prejudicado com a proibição do uso do notebooks em espaços de alimentação e, do outro, o dono da padaria, que entendeu estar no direito de impor esse tipo de medida. 

Mas quem está certo?

REGRAS CLARAS

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), os comerciantes têm direito de proibir o uso de notebooks ou equipamentos eletrônicos similares dentro de empreendimentos que se destinam exclusivamente à prestação de serviços alimentícios. 

Nayara Oliveira Veloso, advogada especialista em direito civil e processo civil do escritório Ernesto Borges Advogados Associados, explica que o CDC também protege o comerciante, ainda que seja visto como uma medida de proteção exclusiva do consumidor. 

No caso do uso de notebooks e equipamentos do gênero, de acordo com a profissional, a única determinação é que o aviso da proibição seja claro, em outras palavras, o proprietário do local deve garantir a informação sobre as regras de permanência no ambiente. Dessa forma, o consumidor pode escolher. 

“O comerciante deve informar ao cliente de forma expressa e clara, por meio de placas de sinalização, a proibição de uso de notebooks ou outros aparelhos similares no estabelecimento. Já o consumidor não pode ser responsabilizado ou penalizado pela falta de informações prestadas”, explica Nayara. 

PRÁTICA LEGAL

Resumindo, proibir o uso de notebooks em espaços de alimentação – bares, restaurantes, lanchonetes e cafeterias, por exemplo – é uma prática legal, desde que o cliente seja expressamente comunicado. 

Nayara reforça: “Havendo a proibição de forma clara, o dono da padaria pode exigir que o consumidor cumpra o determinado ou se retire do estabelecimento, mantendo sua liberdade de escolha. O que não pode é ameaçar ou entrar em vias de fato para cumprimento da norma, já que isso ultrapassa a esfera cível e deve ser tratado de forma criminal”.

USO INADEQUADO: QUAL É A MEDIDA DO BOM SENSO?

Em nota pública, a Federação de Hotéis, Bares e Restaurantes do Estado de São Paulo (FHORESP) recomendou prudência para evitar novas ocorrências como a que aconteceu em São Paulo.

“Para reuniões e ações relacionadas ao trabalho administrativo ou criativo, entendemos que os coworkings e os espaços públicos são os ambientes mais propícios. Vale lembrar que cafés, padarias, bares e restaurantes são empresas de alimentação, somente”, diz trecho da nota, publicada no site da entidade.

A advogada complementa afirmando que o uso inadequado pode ser determinado pela desvirtuação do propósito do estabelecimento. Ou seja, se o objetivo é fornecer refeições, o estabelecimento será ocupado por pessoas que querem se alimentar. 

“Hoje, há estabelecimentos adequados para eventos, reuniões e coworking como estratégia de comercialização. Mas há outros que querem se destinar a fins específicos. Vale lembrar que o consumidor pode ficar frustrado quando busca um estabelecimento com uma finalidade específica e não encontra, sendo obrigado a procurar novos lugares para satisfazer suas vontades ou necessidades”, finaliza. 

“O comerciante deve informar ao cliente de forma expressa e clara, por meio de placas de sinalização, a proibição de uso de notebooks ou outros aparelhos similares no estabelecimento”

 Nayara Oliveira Veloso, advogada

 

PLAYGROUND: LUCRO CERTO

Depois de criar um espaço kids fechado, climatizado e monitorado por pessoas treinadas, pizzaria de Cuiabá (MT) aumentou o faturamento em 30
Leia mais +

Mistura Láctea Mococa: receitas para deixar seu arraiá mais saboroso

Aprenda novas receitas para o seu Arraiá com a incrível Mistura Láctea Mococa.
Leia mais +

Elma Chips® Amendoins crocantes: gostoso como São João!

Descubra por que o São João fica mais gostoso com a crocância de Elma Chips® Amendoins.
Leia mais +

Benefícios de usar as toalhas umedecidas Baby Premium da Select Wipes

Seu bebê com o cuidado que ele merece: máximo conforto, maciez e hidratação com essa linha especial
Leia mais +

Limpeza dental eficiente e confortável é com KESS!

Descubra mais sobre a Linha Pro de cuidados com a saúde bucal e todos os seus benefícios
Leia mais +

Participe da promoção “Vire o Jogo com Nescau” e concorra a prêmios imperdíveis

Fique por dentro da promoção de Nescau, que oferece dois prêmios de R$ 100 mil!
Leia mais +

EXPANSÃO MARCA OS 50 ANOS DO ASSAÍ

A história do Assaí começou em 1974 com apenas uma loja; hoje, são mais de 280 unidades, 80 mil colaboradores e 35 milhões de clientes atend
Leia mais +

KATUXA SUPERMERCADO, PADARIA E… RESTAURANTE!

O negócio familiar localizado em Barbosa Ferraz (PR), que foi destaque na primeira edição da revista Assaí Bons Negócios, não para de cresce
Leia mais +

SUÍÇA - MESA PARA ESQUENTAR

Na Suíça, país famoso pelos relógios de luxo e pelo frio, a culinária se distingue pela tradição dos pratos que aquecem
Leia mais +

25 MIL HAMBÚRGUERES POR DIA: NÚMEROS APONTAM HAMBURGUERIA COMO UM BOM NEGÓCIO

Com o alto número de apreciadores espalhados pelo país, abrir uma hamburgueria pode ser uma boa opção para ganhar dinheiro
Leia mais +

GELEIAS ARTESANAIS = SUSTENTABILIDADE + (RE)CONHECIMENTO

A empreendedora paraense Eliza, proprietária da Geleias e Cia, conta como o Prêmio Academia Assaí alavancou seus planos pessoais e profissio
Leia mais +

ESTÁ ABERTA A TEMPORADA DE FESTAS JUNINAS!

Sazonalidade, regionalidade e criatividade são os ingredientes perfeitos para quem quer aproveitar esta época do ano para lucrar
Leia mais +

DELÍCIAS JUNINAS BRASIL AFORA

Do tacacá ao pinhão, a identidade de cada região do país se reflete na culinária presente nas tradicionais festas realizadas nesta época do
Leia mais +

COMO USAR O LINKTREE?

Ferramenta permite adicionar vários links em apenas um para usar nas redes sociais da empresa, facilitando o contato com a clientela
Leia mais +

DECLARAÇÃO ANUAL DO MEI

Todos os microempreendedores individuais do país devem declarar o faturamento anual para manter seus negócios regularizados junto à Receita
Leia mais +

CURSO PADARIAS E CONFEITARIAS É OPORTUNIDADE PARA EMPREENDER

Empreendedores têm a oportunidade de aprender sobre temas relevantes no curso gratuito oferecido pela Academia Assaí
Leia mais +

BOLO ALAGADO É SUCESSO GARANTIDO EM FESTAS E EVENTOS

Receita que viralizou na internet faz sucesso em eventos, como festas de aniversário, e pode ser mais uma fonte de renda para confeiteiros
Leia mais +

O QUE FAZER COM CADA RESÍDUO?

Separar os resíduos para dar a destinação adequada a cada tipo é uma atitude simples que pode (e deve) ser adotada no dia a dia
Leia mais +

Fornecedores do Assaí.

Empresas e indústrias de confiança com produtos de qualidade!