Conteúdo principal

ESTÁ ABERTA A TEMPORADA DE FESTAS JUNINAS!

É impossível pensar em festas juninas sem pensar nas comidas típicas. Com a chegada dos eventos, que acontecem em todas as regiões do país, surgem boas oportunidades para empreender no setor de alimentação. Isso porque os quitutes juninos são muito apreciados e é impossível passar indiferente a eles, seja onde for.

Abertas para a população em praças e parques, escolas ou empresas, aniversários e outras comemorações, as festas juninas são oportunidades para empreendedores de diferentes perfis: os vendedores ambulantes, os que têm pontos de venda fixos e os que vendem por encomenda – basicamente, basta aproveitar a sazonalidade e usar a criatividade.

EM PRIMEIRO LUGAR, PLANEJAMENTO

  •  O que vender? 

  •  Para quem vender? 

  •  Qual é o tipo de evento, a sua dimensão e quantas pessoas terá?

  •  Quando começar as compras e a produção para dar tempo? 

  •  O que é preciso fazer para atender aos clientes sem que nenhum tipo de problema aconteça?

  • Calcular a quantidade adequada de ingredientes e produtos para atender à demanda evita desperdícios e garante que não faltará comida durante o evento. Isso inclui considerar a capacidade de produção e pensar na logística. Tudo é importante para evitar falhas ou resolver problemas que possam surgir de última hora. 

 

O QUE VENDER NESTA ÉPOCA DO ANO?

Pé de moleque, canjica, pamonha, bolo de fubá, cocada, arroz-doce, bolo de milho, milho cozido, cuscuz, cachorro-quente, espetinho, quentão, vinho quente... A lista de delícias que podem ser vendidas nesta época do ano é grande e, com criatividade, é possível criar produtos personalizados, como cestas, kits e combos. 

A dica é pesquisar e entender o público-alvo para acertar nas escolhas, considerando a região do país, o clima, o horário e a ocasião do evento, as pessoas que estarão presentes, entre outros fatores. 

CESTAS: ENTREGANDO FESTAS JUNINAS

 As cestas personalizadas representam oportunidades de negócios em diferentes épocas do ano. No caso das festas juninas, é possível explorar estilos diferentes, sabores, regionalidades e muito mais. 

Além disso, vale pensar em kits customizados para aniversários ou festas de empresas, contendo nomes, data, logotipo ou outros elementos.

Veja ideias de quitutes para compor cestas temáticas e kits juninos

  •  Delícias caipiras

Pé de moleque, paçoca, doce de abóbora, canjica, broa de milho, bolo de fubá, bolinho de mandioca e arroz-doce. 

  •  Sabor nordestino 

Tapioca, pamonha, queijo coalho, bolo de milho- verde, bolo de mandioca, cuscuz, canjica, quentão e cachaça com mel.

  •  Mineirices

Curau, queijadinha, doce de leite, rosquinha de pinga, bolo de fubá, broa de milho, arroz-doce, biscoito de polvilho e canjica.

  •  Variedades juninas

Vinho quente, pipoca, bolo de milho, pamonha, curau, pinhão, paçoca, maçã do amor, canjica de amendoim e churros. 

DICA Capriche nos itens decorativos para montar as cestas ou os kits, utilize caixas encapadas com motivos juninos, cestas de vime, bandeirinhas, chapéus de palha, espantalhos, balões, tecidos xadrez, chita, canecas, representações de fogueira etc. Use a criatividade, pesquise e faça testes. 

3 MIL PAMONHAS!

Na época do São João, a empreendedora Branca, de Campina Grande (PB), dedica pelo menos 30 dias para fazer produtos típicos e lucrar com a festa

Maria do Socorro, a Branca, proprietária da Pamonha da Branca, que fica  na Vila Sítio São João, em Campina Grande (PB)

Na época das festas juninas, durante 45 dias, a Pamonha da Branca se instala na Vila Sítio São João, espaço que fica na cidade de Campina Grande (PB). 

O local conta com uma extensa programação de shows e tem outras atrações juninas, como fogueira, quadrilha e comidas típicas para celebrar umas das tradições mais famosas da região Nordeste.

Pamonha, canjica, milho cozido e cuscuz recheado são algumas das delícias que a empreendedora Maria do Socorro, a Branca, prepara para lucrar nesta época do ano.

“A Vila representa a cultura nordestina, existe há 20 anos e foi ali que surgiu a ideia do negócio Pamonha da Branca. Nesta época do ano, produzimos artesanalmente mais de 3 mil pamonhas e todas são embrulhadas manualmente na palha, sem ligas ou barbantes. É tudo feito à mão”, ressalta. 

Segundo ela, são mais de 30 dias dedicados à produção para o São João.

SÓ MILHO!

A empreendedora lembra ainda que só usa milho como ingrediente da pamonha: “Nada de farinha de milho ou leite de coco”. O mesmo acontece com outros produtos, como é o caso da canjica (ou curau de milho), que ela faz questão de destacar que são feitos com ingredientes naturais.

Há cerca de um ano, a Pamonha da Branca funciona também em outros períodos. A loja física foi ideia da família para que Maria do Socorro pudesse vender suas receitas não apenas no São João. 

“Na loja, temos um cardápio mais variado, e hoje a pamonha com queijo de coalho e o cuscuz com carne de sol são os produtos mais procurados pelos nossos clientes, além da pamonha tradicional e a canjica, esses são nossos personagens principais”, conta. 

 Saiba mais: 

@pamonhadebranca

 

PLAYGROUND: LUCRO CERTO

Depois de criar um espaço kids fechado, climatizado e monitorado por pessoas treinadas, pizzaria de Cuiabá (MT) aumentou o faturamento em 30
Leia mais +

Mistura Láctea Mococa: receitas para deixar seu arraiá mais saboroso

Aprenda novas receitas para o seu Arraiá com a incrível Mistura Láctea Mococa.
Leia mais +

Elma Chips® Amendoins crocantes: gostoso como São João!

Descubra por que o São João fica mais gostoso com a crocância de Elma Chips® Amendoins.
Leia mais +

Benefícios de usar as toalhas umedecidas Baby Premium da Select Wipes

Seu bebê com o cuidado que ele merece: máximo conforto, maciez e hidratação com essa linha especial
Leia mais +

Limpeza dental eficiente e confortável é com KESS!

Descubra mais sobre a Linha Pro de cuidados com a saúde bucal e todos os seus benefícios
Leia mais +

Participe da promoção “Vire o Jogo com Nescau” e concorra a prêmios imperdíveis

Fique por dentro da promoção de Nescau, que oferece dois prêmios de R$ 100 mil!
Leia mais +

EXPANSÃO MARCA OS 50 ANOS DO ASSAÍ

A história do Assaí começou em 1974 com apenas uma loja; hoje, são mais de 280 unidades, 80 mil colaboradores e 35 milhões de clientes atend
Leia mais +

KATUXA SUPERMERCADO, PADARIA E… RESTAURANTE!

O negócio familiar localizado em Barbosa Ferraz (PR), que foi destaque na primeira edição da revista Assaí Bons Negócios, não para de cresce
Leia mais +

SUÍÇA - MESA PARA ESQUENTAR

Na Suíça, país famoso pelos relógios de luxo e pelo frio, a culinária se distingue pela tradição dos pratos que aquecem
Leia mais +

USO DE NOTEBOOKS EM ESPAÇO DE ALIMENTAÇÃO – PODE OU NÃO?

Estabelecimentos destinados à alimentação podem proibir o uso de notebooks e equipamentos similares? Saiba o que diz a lei
Leia mais +

GELEIAS ARTESANAIS = SUSTENTABILIDADE + (RE)CONHECIMENTO

A empreendedora paraense Eliza, proprietária da Geleias e Cia, conta como o Prêmio Academia Assaí alavancou seus planos pessoais e profissio
Leia mais +

DELÍCIAS JUNINAS BRASIL AFORA

Do tacacá ao pinhão, a identidade de cada região do país se reflete na culinária presente nas tradicionais festas realizadas nesta época do
Leia mais +

COMO USAR O LINKTREE?

Ferramenta permite adicionar vários links em apenas um para usar nas redes sociais da empresa, facilitando o contato com a clientela
Leia mais +

DECLARAÇÃO ANUAL DO MEI

Todos os microempreendedores individuais do país devem declarar o faturamento anual para manter seus negócios regularizados junto à Receita
Leia mais +

CURSO PADARIAS E CONFEITARIAS É OPORTUNIDADE PARA EMPREENDER

Empreendedores têm a oportunidade de aprender sobre temas relevantes no curso gratuito oferecido pela Academia Assaí
Leia mais +

BOLO ALAGADO É SUCESSO GARANTIDO EM FESTAS E EVENTOS

Receita que viralizou na internet faz sucesso em eventos, como festas de aniversário, e pode ser mais uma fonte de renda para confeiteiros
Leia mais +

O QUE FAZER COM CADA RESÍDUO?

Separar os resíduos para dar a destinação adequada a cada tipo é uma atitude simples que pode (e deve) ser adotada no dia a dia
Leia mais +

25 MIL HAMBÚRGUERES POR DIA: NÚMEROS APONTAM HAMBURGUERIA COMO UM BOM NEGÓCIO

Com o alto número de apreciadores espalhados pelo país, abrir uma hamburgueria pode ser uma boa opção para ganhar dinheiro
Leia mais +

Fornecedores do Assaí.

Empresas e indústrias de confiança com produtos de qualidade!