Conteúdo principal

MÚSICA AO VIVO: VALE A PENA?

Pelo fato de proporcionar uma atmosfera descontraída, música ao vivo pode ser uma boa estratégia para atrair e fidelizar clientes de bares e restaurantes. Além disso, contratar músicos ou bandas diferencia o estabelecimento da concorrência e ajuda a diversificar ou a segmentar o público-alvo.

Mas oferecer música ao vivo envolve cuidados e desafios. Da escolha dos gêneros musicais até a estruturação do espaço físico, cada detalhe influencia na percepção do cliente e no sucesso do empreendimento. Dessa forma, é indispensável conhecer e analisar os aspectos que envolvem uma experiência bem-sucedida.

 

POR QUE VALE A PENA?

Vibrante, acolhedora, intimista, agitada, alegre ou dançante, a música ao vivo transforma o ambiente. Nos estabelecimentos do setor de alimentação, isso contribui para fortalecer a relação com a clientela, principalmente quando o repertório e o estilo escolhidos estão alinhados com as expectativas do público.

Mais do que diferenciar o local da concorrência, a música é capaz de ditar o clima do almoço, do happy hour ou da noite. Em outras palavras, a partir da escolha, é possível segmentar a clientela de acordo com o ambiente desejado. 

E mais: o estabelecimento pode aproveitar para enriquecer o cardápio, incluindo ou batizando itens que façam referência às músicas mais tocadas na casa. 

 

Da escolha dos gêneros musicais até a estruturação do espaço físico, cada detalhe influencia na percepção do cliente

 

OS DESAFIOS DE COLOCAR MÚSICA AO VIVO NO ESTABELECIMENTO

Custos 

Contratar artistas para se apresentarem no bar ou restaurante agrega receita, mas, por outro lado, acarreta custos extras. Além dos cachês dos músicos ou da banda, é preciso disponibilizar bons equipamentos de som e luz e, em alguns casos, um palco. 

Para reduzir o impacto do investimento, o estabelecimento pode cobrar “couvert artístico”, taxa que serve para remunerar os artistas de forma parcial ou total.

ATENÇÃO: Há um fator que deve ser levado em conta – tentar economizar contratando músicos inexperientes é arriscado, já que eles podem não agradar à clientela. Invista em qualidade se quiser garantir a satisfação dos clientes.

Regulamentação

O empreendedor precisa estar atento, ainda, ao fato de que existem leis e regulamentações a serem seguidas. A primeira é o pagamento dos direitos autorais para o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), que visita o local para determinar o valor da taxa.

IMPORTANTE: Estabelecimentos que não fazem o pagamento dos direitos autorais ficam sujeitos a multas, o que pode gerar prejuízo. Em outras palavras, é mais vantajoso procurar o Ecad para regularizar a situação.

“Lei do Silêncio”

Em todas as cidades, existem determinações para proteger a comunidade local, como as leis que controlam o barulho excessivo. Em temos gerais, a legislação estabelece limites de ruídos de acordo com a região, o horário e a atividade desenvolvida. 

Vale ressaltar que não respeitar a chamada “Lei do Silêncio” pode provocar advertências, multas e até a interdição completa do espaço. 

Contratos

Outro ponto essencial para se proteger de eventuais problemas é a formalização da relação entre a casa e os músicos por meio de um contrato escrito e assinado pelas partes. Se possível, contrate apenas profissionais formalizados como pessoa jurídica e procure um advogado para redigir o documento. Dessa forma, os aspectos legais da contratação ficam protegidos. 

 

50 ANOS DO ASSAÍ - COMEMORANDO COM OS CLIENTES

Ao longo de sua história, o Assaí Atacadista celebra seu aniversário distribuindo muitos prêmios com o objetivo de transformar vidas e retr
Leia mais +

CONSUMO DE CARNE NO BRASIL: DO BOI AO JAVALI

O Brasil é um dos maiores consumidores de carnes do mundo, e a diversidade é uma das características nas diferentes regiões do país
Leia mais +

A TRADIÇÃO E O FRESCOR DA COMIDA JAPONESA

Pratos típicos, ambientação, leveza e sabor são os diferenciais dos restaurantes especializados na tradicional culinária do país do sol nasc
Leia mais +

INFLUÊNCIA DIGITAL

Os influenciadores são uma estratégia eficiente para divulgar produtos e serviços nas redes sociais. Saiba como usar o marketing de influênc
Leia mais +

O PODER DO COMÉRCIO E O EMPREENDEDORISMO BRASILEIRO

A diversidade e a força empreendedora do comerciante brasileiro estão bem representadas pelos pequenos negócios do setor de alimentação
Leia mais +

CHURRASQUEIRA A GÁS PREMIA EMPREENDEDOR

João Victor da Conceição, proprietário do Espetinho VIP e ganhador do Prêmio Academia Assaí na categoria Tecnologia, desenvolveu uma técnica
Leia mais +

COMO CONTROLAR AS FINANÇAS PELO CELULAR

Existem ferramentas gratuitas que ajudam a controlar as finanças dos negócios, garantindo vantagens como segurança e agilidade
Leia mais +

SABOR DA AMÉRICA – ESTADOS UNIDOS PARA TODOS OS GOSTOS

Nos Estados Unidos, a mesa tem lugar para fast-food, café gelado, comida internacional e alimentos orgânicos, representando a diversidade do
Leia mais +

COMO FAZER BOAS FOTOS?

Nas redes sociais, as imagens representam a essência e o diferencial dos produtos ou do estabelecimento e são capazes de atrair mais cliente
Leia mais +

COMPOSTAGEM - TRANSFORMANDO RESÍDUOS EM ADUBO

A compostagem, que pode ser implementada nas empresas, é uma alternativa vantajosa para minimizar a emissão de gases de efeito estufa nos at
Leia mais +

CUSCUZ NO POTE – UMA TRADIÇÃO EM NOVO FORMATO

O cuscuz, um clássico nordestino que conquistou o Brasil, ganha uma versão fácil de consumir e que, por isso, tem potencial de venda em esta
Leia mais +

“SEM MODERAÇÃO”, BAR QUERMESSE VIRA O JOGO E VENDE MAIS

A partir de uma estratégia simples e criativa, um prato de petiscos que não tinha saída foi transformado em um dos itens mais vendidos de um
Leia mais +

Os benefícios e a versatilidade da manteiga: agora com e sem lactose!

Conheça a nova Manteiga Teixeira Zero Lactose, que possibilita o consumo por intolerantes   
Leia mais +

Fornecedores do Assaí

Empresas e indústrias de confiança com produtos de qualidade!