Conteúdo principal

Assaí

5 receitas de maionese caseira deliciosas

Aprenda a fazer sabores diferentes de maionese caseira para incrementar vários pratos

Maionese caseira é só amor. Além de ser fácil de fazer, ela também pode ter diversos sabores para complementar suas receitas. De saladas a hambúrgueres e frutos do mar, você pode dar o toque especial que quiser na sua maionese.

Que tal aprender 5 receitas deliciosas de maionese caseira temperada para colocar no lanche ou no prato principal do seu dia? Anote os ingredientes e não passe vontade: experimente fazer você também!

 

1 – MAIONESE DE ALHO ASSADO

 

Essa receita é mais do que tradicional. A maionese com alho assado é uma delícia e, inclusive, muitos restaurantes utilizam para dar sabor aos pratos. Veja como é fácil preparar.

 

Ingredientes (alho assado)

1 cabeça de alho

2 colheres de chá de azeite de oliva

1 pitada de pimenta caiena

Sal e pimenta-do-reino a gosto

 

Modo de Preparo

1 - Preaqueça o forno a 180ºC.

2 - Corte uma tampa na cabeça de alho, de modo que as pontas dos dentes fiquem expostas.

3 - Regue com o azeite, salpique sal e pimenta e embrulhe em uma folha de papel-alumínio.

4 - Leve ao forno até o alho ficar macio, por aproximadamente 1 hora.

5 - Desembrulhe, deixe esfriar um pouco e leve à geladeira por 30-60 minutos.

6 - Retire os dentes de alho das cascas e coloque em uma tigela.

 

Ingredientes (maionese)

2 ovos inteiros

Sal a gosto

1 colher de sobremesa de mostarda Dijon ou amarela

Óleo de cozinha (aproximadamente 500 ml)

 

Modo de Preparo

1 – Coloque todos os ingredientes, os dentes de alho assados e um pouco de óleo no fundo do copo do liquidificador. Bata em velocidade máxima.

2 – Em seguida, coloque na velocidade mínima e vá adicionando óleo aos poucos até formar a maionese.

 

2 – MAIONESE DE CURRY

 

Bem temperada e com sabor característico do curry, a sua maionese caseira vai ficar deliciosa para servir com frango empanado ou batata rústica. Veja como fazer!

 

Ingredientes

2 ovos inteiros

Sal a gosto

1 colher de sobremesa de mostarda Dijon ou amarela

1 colher de café (rasa) de curry de boa qualidade

1 dente de alho pequeno

Óleo de cozinha (aproximadamente 500 ml)

 

Modo de Preparo

1 - Coloque, no liquidificador, os ovos. Depois, acrescente os ingredientes um a um.

2 - Ligue o liquidificador no mínimo e vá imediatamente acrescentando óleo até atingir o ponto, cremoso, e o liquidificador não conseguir mais bater a maionese.

 

3 – MAIONESE DE TOMATE SECO

Com sabor levemente adocicado e picante, dá para servir saladas e camarões com essa deliciosa maionese de tomate seco. Confira!

 

Ingredientes

1 e ½ xícara de leite gelado

1 xícara de tomate seco picado

2 xícaras de óleo de cozinha

Sal a gosto

 

Modo de Preparo

1 - Coloque todos os ingredientes no liquidificador ou mixer.

2 - Ligue na velocidade máxima e misture tudo.

3 - Quando a maionese começar a se formar, vá diminuindo a velocidade para emulsificar.

4 - Desligue. Está pronta uma maionese de tomate seco muito gostosa!

 

4 – MAIONESE VERDE

 

Um tempero fresco e supersaboroso faz da maionese verde com cebolinha uma das principais opções do cardápio de hamburguerias e petiscarias. Veja como preparar!

 

Ingredientes

1 ovo

1 punhado de salsinha

1 punhado de cebolinha

Óleo vegetal (medida livre)

1 dente de alho

1 colher de chá de mostarda

½ colher de chá de sal

1 pitada de pimenta-do-reino moída na hora

 

Modo de Preparo

1 - No liquidificador, bata o ovo, despejando pelo buraco da tampa do copo o óleo "em fio".

2 - Desligue o liquidificador. Com uma colher ou espátula, verifique a textura da maionese.

3 - Adicione a salsinha, a cebolinha, o alho, a mostarda, a pimenta e o sal. Bata novamente e despeje um pouco mais de óleo, para dar uma encorpada.

 

5 – MAIONESE DE BACON (BACONESE)

 

O nome é divertido e o sabor pode parecer estranho à primeira vista, mas a maionese de bacon ou “baconese” é deliciosa para acompanhar qualquer receita. Veja como fazer!

 

Ingredientes

½ copo (tipo americano) de leite

2 fatias de bacon em cubos frito

Óleo do bacon

Sal (se necessário)

Óleo de canola ou girassol

 

Modo de Preparo

1 - Bata no liquidificador, em velocidade baixa, o leite, o bacon, o fio de óleo do bacon frito e o sal.

2 - Com o liquidificador ligado, acrescente o óleo em fio até adquirir a consistência de maionese.

3 - Leve à geladeira por 30 minutos e sirva.

 

É ou não é uma maionese caseira mais deliciosa que a outra? Experimente todas e chame os amigos e a família para degustarem um menu especial feito por você!

Continue acompanhando o Blog Assaí para mais novidades e receitas incríveis como essas.

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Por que você deve consumir frutas no dia a dia

Confira a matéria completa e veja por que consumir frutas proporciona mais qualidade na alimentação

Consumir frutas diariamente garante uma dose a mais de alegria, saúde e energia para o seu corpo.

Ricas em vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes, as frutas são alimentos essenciais para a manutenção da saúde e devem ser consumidas diariamente.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) e com a nova Roda dos Alimentos, a indicação é de três a cinco porções diárias de diferentes frutas, lembrando que cada porção equivale a 70 calorias.

A nutricionista Silvia Enes explica que ter uma alimentação saudável, em que as frutas estejam presentes, é de extrema importância para que o organismo seja capaz de se defender de doenças e viroses.

“A ingestão de vitaminas e de outros nutrientes faz com que o organismo esteja protegido por uma espécie de escudo. Assim, o melhor caminho é se manter atento ao fato de que sua saúde começa pela boca, ou seja, a alimentação é a melhor forma de prevenir preocupações futuras”, reforça a especialista.

De acordo com ela, as frutas contêm também diversos fotoquímicos, que são fundamentais para a saúde e preservação dos tecidos celulares, bem como para a prevenção de doenças relacionadas com a má nutrição, além de serem excelentes fontes de fibras, que ajudam na regulação do intestino.

“O consumo regular de fruta está associado à redução do risco de doenças cardiovasculares, do Alzheimer, da catarata e de alguns dos declínios associados ao envelhecimento”, afirma Silvia.

Consumir a fruta inteira é outra dica para aproveitar integralmente seus benefícios. Associá-la a grãos, castanhas e sementes como linhaça, quinoa e aveia faz com que o índice glicêmico das frutas seja reduzido, ou seja, o açúcar é liberado lentamente no organismo, evitando o acúmulo de gordura corporal.

A nutricionista também lembra que a frutose fornecida pelas frutas não causa problemas de saúde. “O alerta nesse caso é especificamente para os alimentos processados, que recebem a frutose concentrada na forma de xarope de milho. Alguns dos alimentos e bebidas em que isso acontece são os refrigerantes, os sucos e chás industrializados, as barras de cereais, entre outros.

Contudo, vale lembrar que, como tudo na vida, o melhor é equilibrar o consumo das frutas. De preferência, consuma in natura ou com outros tipos de alimentos, para manter uma alimentação rica e saudável”, defende Silvia.

 

AS 10 FRUTAS MAIS NUTRITIVAS

 

1 – BANANA

Rica em vitaminas dos complexos B e C, a fruta mais brasileira de todas contém triptofano, elemento que aumenta os níveis de serotonina, controlando o desejo por doces.

2 – MAÇÃ

Auxilia a manter os níveis de colesterol estáveis, pois contém pectina, que dificulta a absorção das gorduras e também da glicose.

3 – MELANCIA

Super-hidratante, composta por mais de 80% de água, a melancia é uma das frutas que mais contém vitaminas dos complexos A e B.

4 – ABACATE

A gordura monoinsaturada presente nessa fruta é responsável por elevar o colesterol bom no organismo. Também ajuda a melhorar a memória e hidrata a pele e os cabelos.

5 – UVA

Seu bagaço reduz o risco de doenças cardiovasculares, por causa da ação do resveratrol. A uva também contém flavonoides, que são antioxidantes e combatem o mau colesterol.

6 – PERA

A fruta é rica em vitaminas A, C, vitaminas do complexo B, fibras e água. Também é um poderoso diurético, combate os gases estomacais e intestinais e contém apenas 98 kcal.

7 – LARANJA

Muito famosa por seu alto teor de vitamina C, que fortalece o sistema imunológico, a laranja também é rica em muitos outros compostos anticancerígenos.

8 – MELÃO

Ajuda a estabilizar a pressão arterial e possui níveis elevados de vitaminas C, A, B6, bem como de potássio, niacina, fibra dietética e ácido fólico.

9 – MORANGO

Rico em antioxidantes, o morango ainda é amigo do coração por conter, também, antocianinas. Além disso, possui poucas calorias (cerca de 4 kcal por unidade) e retarda o envelhecimento.

10 – ABACAXI

Rico em bromelinas, o abacaxi auxilia na digestão, especialmente de proteínas, além de conter um poderoso efeito cicatrizante.

Além de nutritivas, as frutas são muito saborosas e podem ser feitas em diversas receitas. Que tal experimentar algumas delas? Confira!

 

FRANGO AO MOLHO DE ABACAXI

INGREDIENTES

500 g de filé de frango em tiras

1 colher de sopa de óleo

1 colher de sopa de farinha de trigo

1 xícara de chá de suco de 1 abacaxi

1 colher de sopa de gergelim torrado para polvilhar

 

MODO DE PREPARO

1 - Em uma tigela, tempere o frango com seu tempero habitual.

2 - Em uma frigideira, aqueça o óleo e doure o frango. Retire da frigideira e reserve.

3 - Na mesma frigideira, coloque a farinha de trigo, doure-a e acrescente o suco de abacaxi, mexendo bem por cerca de 3 minutos ou até engrossar.

4 - Misture com o frango reservado e sirva polvilhado com o gergelim.

 

CRUMBLE DE MAÇÃS E PERAS

INGREDIENTES

2 maçãs verdes em cubos

½ xícara e 2 colheres de sopa de manteiga gelada

1 colher de chá de canela

2 peras em cubos

1 xícara de chá de farinha de trigo

1 xícara de chá de açúcar demerara

 

MODO DE PREPARO

1 - Pique as frutas em cubos e coloque para cozinhar por 10 minutos ou até elas amolecerem.

2 - Enquanto isso, em uma vasilha, misture com as pontas dos dedos a farinha, o açúcar, a canela e a manteiga até formar uma farofa. Escorra as frutas da água e coloque em um refratário untado com manteiga.

3 - Coloque a farofa por cima das frutas e leve para assar em um forno preaquecido (210ºC) por 20 minutos.

4 - Você pode servir quente com uma bola de sorvete.

 

Saboreie as frutas de diferentes formas em cada refeição e aproveite para mudar hábitos alimentares de um jeito prazeroso!

Fique por dentro de mais novidades aqui no Blog Assaí.

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Dicas para armazenar alimentos na caixa térmica

Veja como utilizar a caixa térmica para conservar alimentos e bebidas

Você utiliza caixa térmica com frequência? Ela se torna uma ótima solução para manter bebidas e alimentos gelados quando você viaja, faz alguma atividade ao ar livre ou se reúne com os amigos.

E, para facilitar as coisas, vamos tirar as principais dúvidas sobre como utilizá-la da melhor forma para manter os produtos em perfeito estado de conservação e prolongar a vida útil da sua caixa térmica!

 

1 – MANTENHA A TEMPERATURA

Se os produtos ainda não estiverem gelados ou se você quiser manter a temperatura deles, compre gelo e cubra 1/3 do interior da caixa. Coloque os itens e cubra com mais gelo para fazer uma camada extra.

Mantenha sempre a caixa fechada para evitar que o calor entre. Prenda bem a tampa e carregue pela alça de manuseio. Assim, você corre um risco menor de que ela caia.

 

2 – LAVE LATAS E GARRAFAS

Fique atento à limpeza dos produtos que você coloca dentro da caixa térmica, pois, se estiverem sujos, podem acumular sujeira e deixar a água com cheiro e coloração diferente.

Lave as latas com sabão neutro e água corrente, bem como as garrafas e embalagens Tetra Pak.

 

3 – NÃO ACUMULE ÁGUA

Assim que o gelo derreter, irá formar bastante água e, caso tenha alguma rachadura ou a caixa esteja aberta, enxague para não ter perigo de infiltração ou não ficar escorrendo/pingando.

 

4 – RESPEITE A CAPACIDADE INTERNA

Ao comprar a sua caixa térmica, é importante verificar a capacidade em litros que ela pode carregar. Por isso, não ultrapasse o limite de peso nem force os produtos dentro dela na hora de fechar.

Um descuido desses pode danificar a tampa e prejudicar o resfriamento, além de dificultar o transporte da caixa.

 

5 – DOS MAIS PESADOS AOS MAIS LEVES

Coloque os produtos mais pesados no fundo da caixa e os mais leves perto da superfície. Isso evita que itens mais frágeis estourem ou fiquem com as embalagens amassadas.

Além disso, é importante vedar bem potes e sacos plásticos para não vazar alimentos no interior da sua térmica. Reforce embalagens com saquinhos extras ou separe um espaço para alimentos e outro para bebidas.

 

6 – VERIFIQUE A VALIDADE

Por mais que a sua caixa térmica tenha alta capacidade de armazenamento e vedação, ela não é um refrigerador. Por isso, os produtos têm validade reduzida nesses casos.

Em média, os itens armazenados com gelo duram cerca de 12 horas. Se você deixou algo dentro da térmica por muito tempo, veja bem antes de consumir e certifique-se de que a embalagem está normal e não há riscos à sua saúde.

 

Com essas dicas, você pode aproveitar melhor os dias de calor e levar seus comes e bebes com mais segurança em uma caixa térmica eficiente!

Curta as publicações do Blog Assaí e compartilhe-as nas redes sociais. Até a próxima leitura!

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Abrasividade dos cremes dentais na saúde bucal

Os cremes dentais contêm diversos ingredientes na sua formulação. Cada ingrediente apresenta uma função específica. 

Os princípios ativos proporcionam uma ação específica para o cuidado da saúde bucal do paciente: ingredientes com função antisséptica, anticariogênica, antitártaro, branqueadora e contra a sensibilidade dentária, só para citar alguns exemplos. 

Os excipientes são os demais ingredientes que compõem a fórmula do produto, sendo que cada um possui uma função específica, como os espessantes, os abrasivos, os corantes e os aromas. A correta escolha dos excipientes é muito importante, mas também é muito crítico cuidar da qualidade de cada ingrediente. 

A abrasividade dos cremes dentais depende diretamente dos tipos de sílicas, que são identificados de forma genérica na composição do produto pelo INCI (International Nomenclature of Cosmetic Ingredients). Existem muitos tipos diferentes de sílicas e, dependendo da escolha, o creme dental pode ser mais ou menos abrasivo, além de possuir outras propriedades reológicas. 

A capacidade abrasiva também é medida pelo RDA (Radioactive Dentine Abrasion), que mede o grau de abrasão por meio de substâncias radioativas. Os cremes dentais existentes no mercado apresentam um RDA entre 50 e 250, sendo que, quanto maior o RDA, mais abrasivo é o creme dental. O desejável é um creme dental com menor valor no RDA, sendo assim menos abrasivo e produzindo menor dano ao esmalte dentário.

Viu só como é importante saber mais sobre creme dental para manter a saúde dos dentes com o melhor produto? 

Continue com a gente para conhecer muito mais dicas e facilitar o seu dia a dia!

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Como temperar chocolate

Segredos e dicas para temperar chocolate

Quem trabalha com chocolate sabe o quão difícil pode ser manuseá-lo para que ele fique brilhante, crocante e com uma textura que derrete na boca. E, para conseguir esse efeito, é preciso saber temperar o chocolate corretamente.

A temperagem é basicamente um choque térmico que o chocolate leva para que ele cristalize corretamente depois de manuseado.
Para ajudá-lo nessa tarefa culinária, o Blog Assaí e a Nestlé se juntaram para explicar dois métodos de temperagem e dar algumas dicas que vão facilitar o processo.

Temperagem em Banho-maria Invertido

Para temperar o chocolate em banho-maria invertido, rale ou pique o chocolate. Em seguida, coloque em uma tigela ou panela bem limpa. Em outra panela, leve água ao fogo. Antes de ferver, desligue. Coloque a tigela com o chocolate sobre a água quente e mexa bem para o chocolate começar a derreter.

Quando tiver poucos pedaços, retire a tigela da água e continue mexendo até todo o chocolate estiver derretido. Mude o chocolate de tigela e coloque em banho-maria invertido (com água em temperatura ambiente). Mexa bem para baixar a temperatura. Para saber se esfriou, coloque um pouco de chocolate em seu lábio: se sentir que ele está frio, já está bom.

Temperagem no Mármore ou Granito

Após derreter o chocolate em banho-maria, leve, aproximadamente, ⅔ dele para uma superfície de mármore ou granito (certifique-se de que a pedra esteja limpa e bem seca). Com uma espátula de plástico ou metal, espalhe o chocolate na pedra em uma camada fina. Em seguida, junte o chocolate, usando a espátula, da borda para o centro. Repita o processo algumas vezes e faça o teste do chocolate no lábio.

Por fim, se o chocolate na pedra já estiver frio, junte-o com o restante na tigela e misture bem. Depois, é só manusear o chocolate como desejar.

Dicas

  • Para mexer com chocolate, escolha um dia em que você tenha tempo e que esteja com bastante paciência, pois essa tarefa requer muito trabalho.
  • Reserve pelo menos uma prateleira de sua geladeira para colocar os chocolates para endurecer. Evite colocar os chocolates perto de temperos e afins, pois eles são extremamente sensíveis a odores e pegam gosto de outros alimentos com facilidade.
  • Se você acabar errando na temperatura e o chocolate ficar mais frio do que o ideal, basta reiniciar o processo. Agora, se você acabar errando e a temperatura for muito alta, não tem como consertar, mas você pode reaproveitar esse chocolate em mousses, cremes e sorvetes.

Gostou desta matéria? Então compartilhe-a! E, para mais dicas exclusivas, acesse o Blog Assaí.

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Navegue pela história do comércio no Brasil

Saiba como surgiu o modelo de comércio no Brasil como conhecemos hoje

Você sabe como surgiu o comércio no Brasil? Uma história que vem desde as navegações até chegar ao modelo de compra e venda que conhecemos.

Antigamente, a troca de produtos era o jeito mais comum de adquirir algo, sejam bens duráveis ou até mesmo alimentos no dia a dia. Um grande mercado de rua que atraía trocadores de todos os tipos.

Conforme o avanço social e tecnológico ao longo dos anos, estabeleceu-se um modelo de negócios um pouco mais elaborado para atribuir o valor adequado a cada produto.

A partir da idade moderna, em meados do século XVIII, o comércio se fortaleceu pelo mundo, envolvendo interesses políticos e comerciais. Assim, surgiu a ideia de criar uma moeda de troca para tornar a negociação mais justa.

A primeira delas foi o sal, alimento base para qualquer receita na cozinha quente. É por isso que usamos o termo salário no dia a dia, referente à moeda que ganhamos em troca do trabalho mensal.

Com o comércio a todo vapor, o Brasil começou a receber grandes navegações, vindas de países como Inglaterra, França e Portugal, que desembarcavam nos portos tanto para vender quanto para levar produtos, já que o nosso país é uma grande fonte de matéria-prima até os dias de hoje.

Aos poucos, o comércio foi crescendo e estabeleceu-se um sistema estruturado, o que foi essencial para aprimorar o uso do alfabeto e dos números, pois sua complexidade aumentava cada vez mais.

É por isso que, atualmente, precisamos comprar e vender para que o mercado ganhe giro e as mercadorias possam ser adquiridas por todos. Um modelo equilibrado que gera oportunidade a diversos empreendedores!

E você? Gosta de empreender ou possui negócio próprio? Então aproveite o nosso Festival do Comerciante durante todo o mês de julho no Assaí Atacadista com as melhores ofertas para a sua compra valer a pena!

Acompanhe sempre o Blog Assaí para muitas novidades, receitas, informações e curiosidades em primeira mão!

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Passeios saborosos em que a gastronomia é atração

Conheça três roteiros brasileiros imperdíveis em que a gastronomia é atração para viajantes que querem experimentar os típicos sabores regionais

Uma estrada no sul da Bahia rodeada de fazendas produtoras de cacau. Um imenso parque nacional em Minas Gerais que dá nome à região produtora de um dos queijos mais famosos do Brasil. Uma rota pelas cidades do norte do Paraná regada a café e lindos cenários.

Os três destinos podem não ter uma relação geográfica muito próxima, mas todos têm sua história e sua cultura intimamente ligadas à gastronomia. Como aperitivo, separamos uma pequena amostra do que esses roteiros gastronômicos tipicamente brasileiros reservam para os turistas.

A FANTÁSTICA ESTRADA DO CHOCOLATE

Por si só, a estrada que une os municípios baianos de Ilhéus e Uruçuca já teria atrativos suficientes para encantar visitantes em busca de visuais paradisíacos. Um roteiro turístico recém-inaugurado, porém, incluiu mais diversos outros motivos para que turistas se aventurem pela região sul da Bahia.

Estabelecido ao longo de 35 km emoldurados pela Mata Atlântica com rios, cachoeiras e áreas de preservação ambiental, o projeto batizado de Estrada do Chocolate reúne diversas fazendas de cacau e permite que o visitante descubra um rico acervo histórico, acompanhe as etapas da produção, que transforma o fruto em chocolate, e ainda desfrute de cenários imortalizados nas obras de Jorge Amado.

Implementado oficialmente no final de 2017, o roteiro turístico ainda dá seus primeiros passos nos trabalhos de mapeamento dos atrativos e ações de promoção e comercialização, mas já permite que os turistas desbravem a região com o olhar voltado para a tradicional cultura do cacau.

As antigas fazendas abrem suas porteiras e exibem mobiliários coloniais típicos da época dos coronéis e instalações – como estufas e barcaças – utilizadas ao longo dos anos no processo de produção de cacau.

Uma das paradas imperdíveis incluída na rota é a Fazenda Provisão, que impressiona pela beleza, com o Rio Almada margeando a casa principal e a Mata Atlântica envolvendo o cenário. No entanto, a propriedade também chama a atenção pelos detalhes históricos.

O proprietário da fazenda, Albino Machado Novaes, falou sobre algumas das atrações mais populares entre os visitantes. "A capelinha construída pelo Coronel Domingos Adami no início do século passado – ele foi, além do primeiro proprietário da fazenda, o primeiro Intendente da cidade de Ilhéus – é um grande atrativo.

As roças de cacau, as instalações relacionadas ao seu beneficiamento e outras instalações da fazenda também chamam muito a atenção. Mas o melhor de tudo é conhecer a nossa história. Ter histórias para contar torna a experiência muito mais enriquecedora”, resume Novaes.

QUEIJINHO BEM BOM

Não é segredo para ninguém que, em Minas, queijo é assunto muito sério. Famoso por abrigar diversas regiões produtoras da iguaria, o estado se destaca principalmente pelo queijo canastra, produzido na Serra da Canastra e que já ganhou o título de patrimônio cultural imaterial brasileiro pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

Localizada no sudoeste de Minas Gerais, a Serra da Canastra conta hoje com mais de 60 fazendas produtoras nos 7 municípios que compõem a região e que detêm a exclusividade da produção desse tipo de queijo.

Quem pretende visitar esse recanto mineiro deve ter em conta que o passeio pelo Parque Nacional da Serra da Canastra é indispensável.

Com uma área estimada em cerca de 70 mil hectares, a atração reúne opções diversas, incluindo a nascente do Rio São Francisco e a retumbante cachoeira Casca D’Anta e sua queda de 186 metros.

A natureza sempre foi o principal atrativo da Serra da Canastra, mas, nos últimos anos, muitos turistas passaram a visitar o local também para conhecer mais a história do queijo.

Gerente-executivo da Aprocan (Associação dos Produtores do Queijo Canastra) e produtor, Paulo Henrique de Almeida estima que 50% das pessoas que visitam a região atualmente têm interesse nos queijos.

Ele conta que é possível conhecer as fazendas, acompanhar a produção e participar de degustações e refeições, um roteiro que remonta à tradição e a identidade mineira. “O queijo canastra é um fator cultural do estado de Minas. Ele representa nossa identidade, nosso conhecimento empírico e nossa alma.

Ajuda a compor essa multiplicidade cultural que existe em Minas Gerais, em que, em um mesmo município, existem variações de sotaque, de formas de dança e manifestações gastronômicas”, completa.

Entre as diversas fazendas que compõem a “rota do queijo canastra”, destaca-se a Capim Canastra. Administrada pelo veterinário Guilherme Ferreira na área que foi comprada pela família há mais de 30 anos, a propriedade recebe aproximadamente 1.200 visitantes por ano, conta com uma caverna de maturação e oferece visitas a todos os processos de produção do queijo, além de almoços, degustações, cursos e eventos.

CHEIRO DE CAFÉ

A terra roxa, o solo fértil e as chuvas regulares garantem condições ideais para a produção do café. E são essas características que fazem do norte paranaense uma região famosa por sua cultura cafeeira. Foi por isso que, em 2008, nasceu a Rota do Café, um passeio turístico desenvolvido por empreendedores e pessoas ligadas ao grão, que envolve 7 cidades e conta com mais de 15 atrações, entre museus, fazendas, cafeterias e agroindústrias.

Segundo Cornélia Gamerschlag, presidente da Associação Rota do Café, o passeio é divertido e extremamente informativo. “O interessante dos roteiros da Rota do Café é que a temática é abordada por vários ângulos.

Temos a parte histórica, com uma visita guiada pelos museus. Também temos a produção, com as experiências práticas nas lavouras e sensoriais por meio das oficinas de torra, extrações e degustação conduzidas por baristas. O turista sempre volta para casa com algum aprendizado novo”, comemora.

Já inclua esses roteiros gastronômicos na sua viagem e aproveite cada pedacinho das cidades. Continue lendo o Blog Assaí Novos Negócios e tenha sempre uma dica de onde ir. Estar com você. Esse é o nosso negócio.

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Cuidados com os pés durante o outono

Descubra o motivo pelo qual você precisa começar a cuidar dos seus pés agora!

Seus pés estão prontos para a estação? Nós, do Blog Assaí Bons Negócios, vamos falar sobre os cuidados essenciais para os pés durante o outono. Acompanhe estas 6 dicas muito importantes de higiene e hidratação para manter a saúde da pele de um jeito especial!

1 - Lave bem seus pés

Lavar os pés é um fator muito importante para mantê-los saudáveis. Utilize uma esponja e lave entre os dedos e também as unhas. Outra etapa essencial é a secagem dos seus pés. Lembre-se de que ambientes úmidos são mais propícios a bactérias e fungos. Por isso, é preciso que seus pés estejam bem secos.

2 - Esfoliação
A pele do pé é naturalmente mais resistente. Por isso, a esfoliação é um dos principais cuidados com os pés durante o outono. Por meio de uma esfoliação, você removerá as células mortas.

3 - Hidratação
Um dos principais cuidados com seus pés durante o outono (e que poderá ser feito após a esfoliação) é a hidratação. Essa etapa é importante porque evita que a pele fique ressecada, descamada ou machucada e ainda previne doenças.

4 - Cuide das suas unhas

É importante cuidar das suas unhas e deixá-las respirar. No caso das mulheres, é essencial evitar o uso contínuo de esmalte. Caso você tenha alguma unha encravada, a melhor opção é ir a um profissional de confiança para evitar maiores danos.

5 - Escolha calçados confortáveis

Lembre-se de que seus pés sustentam o peso do seu corpo e precisam de sapatos mais confortáveis do que bonitos para aguentarem a corrida do dia a dia. Você pode sentir seu grau de conforto ao provar os dois pés na loja antes de comprar o produto. Um sapato confortável também possibilita a ventilação dos pés, para evitar a proliferação de fungos ou micose.

6 - Escolha desodorantes spray com jato seco

Uma ótima escolha para manter seus pés secos e protegidos contra fungos é o Tenys Pé Jato Seco. O produto é um antisséptico e desodorante para os pés e, além de evitar os odores da transpiração, também protege seus pés. Conheça as diferentes versões do Tenys Pé Jato Seco.

Está bem. Já chegou a hora de você entender porque PRECISA cuidar dos seus pés.  Confira no vídeo:

 

Depois de ver tamanha habilidade que seus pés podem ter, você certamente já reconhece a importância de cuidar deles, não é mesmo?

Nas lojas Assaí Atacadista, você encontra o Tenys Pé Jato Seco. Aproveite e economize na loja mais próxima de você: bit.ly/NossasLojasAssaí.

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Diversidade, no GPA, é um assunto levado a sério e colocado em prática

Saiba como o grupo faz sua parte para aplicar a diversidade além do discurso

 O termo diversidade vem ganhando espaço e se tornando pauta permanente de empresas nacionais e internacionais. As diferenças estão, cada vez mais, presentes nos quadros de funcionários e essa multiplicidade no ambiente empresarial combina diferentes ideias, experiências e visões de mundo.

O Grupo Casino, controlador do GPA, das marcas Pão de Açúcar, Extra, Assaí Atacadista, Casas Bahia e Ponto Frio, lançou em 2015 uma carta de compromisso com a diversidade, na qual aponta a preocupação com o desenvolvimento contínuo dos colaboradores, o plano de carreira, a busca por uma heterogeneidade na equipe e o bem-estar como temas relevantes de sua estrutura interna.

Segundo o Relatório Anual e de Sustentabilidade, a empresa teve um crescimento na inclusão e diversidade por meio de engajamento dos colaboradores e pela política interna com o Código de Conduta Moral. O material garante a ética e o respeito à diversidade, sem discriminação de nenhuma natureza - raça, gênero, religião, orientação sexual, característica física, nacionalidade ou nível socioeconômico.

Diversidade - Interno

E não para por aí. Na matéria divulgada pelo portal Meio&Mensagem, a diretora de sustentabilidade do GPA, Laura Pires, explicou a principal preocupação na busca pela diversidade de pessoas. “O GPA acredita que a empresa precisa ser o reflexo de nossos clientes, que são diversos, pois só dessa maneira conseguimos entender a necessidade de nosso público e, por isso, precisamos ter colaboradores diversos”.

No meio de tanta diferença, o grupo busca a qualificação profissional de colaboradores acima de 55 anos, a integração de pessoas com deficiência, em parceria com a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), e por meio do programa pela Equidade de Gêneros, criado em 2014, analisa os indicadores sobre a presença feminina e promove uma série de ações de estímulo na participação de mulheres nos cargos de liderança da empresa.

A busca pela diversidade no ambiente de trabalho ultrapassa o discurso e integra a realidade das empresas que compõem o grupo. E, segundo Laura Pires, essa visão busca dar oportunidade de crescimento para os diversos perfis profissionais, além de alavancar o desempenho e a inovação econômica e social. Um forma de criar uma fonte de motivação e a atração de talentos.

Aos poucos a diversidade ganha espaço, abre as portas para a diferença dos perfis profissionais e garante a equidade para o ser humano como um todo.

A discussão do tema nas empresas é essencial não só em maio, que é o mês da diversidade, mas em todos os momentos do ano, com ações inclusivas e de respeito às diferenças. Dissemine essa ideia, compartilhe a importância da multiplicidade no ambiente empresarial e adote práticas de integração também na sua empresa.

 

Você também pode
gostar de:

Compartilhe
Subscrever RSS - Assaí