Conteúdo principal

negócios de alimentos

Compartilhe

Dicas de sucesso para mulheres empreendedoras

Como buscar fontes de inspiração e aperfeiçoamento para se tornar uma mulher empreendedora de sucesso

Não é de hoje que as mulheres demonstram crescimento no empreendedorismo e se consagram como parte significativa do número de empreendedores nacionais.

De acordo com a pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor 2020 (GEM), o Brasil é o sétimo país com o maior número de mulheres empreendedoras, que já somam mais da metade dos empreendedores nacionais – mais de 30 milhões em um universo de cerca de 52 milhões de profissionais.

Isso reflete o avanço ao longo dos anos pela busca de mais oportunidades de trabalho, a conquista por equidade de gênero e também a competência das mulheres nos cargos de liderança e gestão, além da capacidade de lidar com os desafios do empreendedorismo em suas diferentes áreas.

 

Depois dessa introdução mais ampla e necessária para entendermos o cenário como um todo, chegou a vez de falarmos com quem começou um pequeno negócio ou está na carreira empreendedora e pretende melhorar suas técnicas para alcançar novos objetivos!

A seguir, vamos dar dicas a mulheres que buscam conselhos de carreira e querem mudar sua postura para fazer o próprio negócio decolar, com mais preparo e um jeito prático de se capacitar. Acompanhe com a gente!

 

1 - FORTALEÇA SUA REDE DE CONTATOS

Se você quer que o seu negócio seja longevo e quer aprender cada vez mais sobre como funciona o seu universo, busque estar próxima de pessoas e instituições que possam lhe ajudar a dar um passo adiante na carreira ou ofereçam oportunidades de estudo e aprimoramento constante.

O conhecimento é uma ferramenta inesgotável, assim como a sua vontade de empreender! Por isso, frequente grupos de discussão, faça um curso sobre alguma especialidade ou busque notícias diariamente para se nutrir de muito, mas muito conhecimento!

 

2 - MOSTRE O SEU DIFERENCIAL

A busca por notoriedade de mulheres empreendedoras não é uma “guerra dos sexos” entre homens e mulheres, mas uma oportunidade de mostrar que você tem um diferencial e consegue conduzir o seu negócio como uma grande gestora.

Por isso, foque aquilo que pode fazer você se sobressair de fato e crie ideias diferentes para atrair os olhares para as suas vendas, sem se preocupar somente com o que o “vizinho” está fazendo, mas trazendo soluções inesperadas!

 

3 - BUSQUE O EQUILÍBRIO

Sabemos que, muitas vezes, é preciso conciliar o lado profissional e o pessoal, por isso, é muito importante estabelecer uma relação saudável entre o seu trabalho e os momentos de lazer, encontrando uma harmonia e deixando tudo o mais simples possível, a fim de não lhe sobrecarregar.

Intercale a produção ou o atendimento do seu comércio com conversas e momentos de atenção à família, fale sobre o seu dia a dia com amigos(as) ou com quem mora com você, e evite estar totalmente no controle de tudo. Não faça cargas horárias muito extensas também nem sacrifique o seu tempo livre para querer produzir mais. O segredo do sucesso é não ter pressa – tudo acontece como deve ser.

 

4 - FORTALEÇA SUA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

A inteligência emocional é o conjunto de ações que prepara você para tomadas de decisões corretas e para lidar da melhor forma com um problema ou um desafio.

Quem trabalha como empreendedora sabe de todas as preocupações e imprevistos que possam acontecer, por isso, é preciso estar com a cabeça no lugar antes de tomar qualquer atitude.

Respire, conte até 10, tome um ar e volte ao trabalho quando estiver confortável. Existem diversos especialistas no assunto que também podem ajudar a melhorar a inteligência emocional para buscar o melhor equilíbrio nos negócios!

 

5 - ESTUDE MAIS SOBRE GESTÃO

Ser mulher, empreendedora, cozinheira, mãe, entre outras funções, é um desafio constante! E, para quem tem um negócio próprio, muitas vezes, é preciso delegar tarefas ou contratar pessoas para ajudar no dia a dia à medida que as suas vendas crescem!

E é nesse ponto que começamos a falar mais sobre gestão. A gestão e a liderança são ferramentas capazes de alavancar não só a sua carreira como, também, a do seu empreendimento e a de quem trabalha com você.

Criar um ambiente de trabalho produtivo, organizado e saudável e alinhar expectativas são consequências, muitas vezes, de uma boa gestora.

A gestão também deixa você se sentir mais segura para traçar metas e objetivos com afinco em cumpri-las. Se você tiver a oportunidade, procure aprimorar esse seu lado e faça cursos de gestão e liderança para que você brilhe ainda mais à frente do seu comércio!

 

Gostou das dicas? Nosso desejo é que você mostre cada vez mais a sua força e se torne uma mulher empreendedora ainda mais completa, com os ensinamentos certos e dicas para melhorar o seu bem-estar nos negócios.

Por isso, fica aqui a nossa homenagem a todas as clientes do Assaí neste Dia Internacional da Mulher e a todos(as) os(as) que estão ao lado delas para que se tornem gigantes como elas merecem!

 

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

As tendências para 2022 nos negócios de alimentos

Para quem tem um negócio de alimentos ou quer investir, é importante ficar de olho nessas tendências

Um novo ano chega e novos negócios de alimentos surgem com tendências dentro do segmento. Muitos empreendedores e também clientes procuram novidades, seja para experimentar novos sabores ou para começar 2022 com tudo!

Portanto, vale a pena conferir as dicas que preparamos sobre o mercado de tendências, com tipos de alimentos e variedades que prometem crescer nos próximos meses e atrair ainda mais os consumidores. Confira!

 

Coxinha no copo

Ah, se essa moda pega seria tudo de bom! Depois do bolo e da pizza de coxinha, é a vez da coxinha no copo ser o centro das atenções.

A ideia é parecida com a de açaí no copo, em que a montagem é feita com várias camadas de polpa, frutas e adicionais, só que neste caso as camadas são feitas de massa de coxinha, recheio de frango e requeijão cremoso, além de outras variações.

Alguns comércios de alimentos já adotaram essa opção no cardápio e parece que vem somando vários pedidos no delivery!

 

Brisket

O brisket é um dos cortes de carne mais populares nos Estados Unidos e seria a “carne de churrasco” mais suculenta deles. É o peito bovino cozido e defumado em um processo lento, marinado em temperos e especiarias, por mais de 8 horas de fogo. O resultado é uma carne macia, desfiada e que derrete na boca!

No Brasil, o brisket vem fazendo bastante sucesso e vários negócios de alimentos começaram a usá-lo como recheio de sanduíches, salgados e churrasco para agradar a clientela.

 

Barra de wafer

Um doce irresistível que dá vontade de saborear mais de um. As barras de chocolate ganharam um extra de crocância, sabor e de altura! Uma combinação que promete fazer ainda mais sucesso em 2022 são as barras de wafer, que nada mais são do que camadas de chocolate, recheio e folhas de biscoito wafer, banhadas em chocolate ao leite ou amargo.

Elas são uma versão artesanal e gigante de um doce conhecido pelos brasileiros, mas com sabores diferenciados, que cada confeitaria ou empreendedor de alimentos escolhe para fazer sucesso no seu menu. 

Que tal uma sobremesa poderosa como esta para inserir nas suas vendas de ano-novo e já se preparar para a Páscoa?

 

Sorvetes Premium (“Free From”)

No segmento de sorvetes, vemos uma forte tendência para produtos de categoria premium, com seleção mais nobre de ingredientes e também com baixo teor de gordura (menos de 16%).

Haverá também a procura por sorvetes com o selo “Free From”, com temática ambiental e mais saudável, que são aqueles com fórmulas livres de leite ou derivados, sem transgênicos (“GMO-free”), sem conservantes e, preferivelmente, com ingredientes orgânicos e c baixo teor de açúcar e gordura adicionada.

 

Obentô

Conhecidos também como “marmitas japonesas”, os obentôs – ou bentôs – são opções rápidas em porções prontas que reúnem algumas especialidades da gastronomia oriental.

Em um passado recente, os pokes foram as estrelas dos cardápios de restaurantes e negócios de alimentos por trazerem a ideia de “sushi descontruído”. Agora, são os bentôs que estão inovando e trazendo o conceito de comida casual em formato de marmita.

 

E-food

Com a mudança de comportamento do consumidor e as adaptações feitas pelo mercado de alimentos antes, durante e depois do cenário de pandemia, a procura por alimentos via online aumentou drasticamente.

E isso inclui não só o pedido de pratos prontos por aplicativos de delivery de comida como, também, o de compras de supermercado, bebidas, drogarias, etc. Uma tendência que promete continuar em 2022 e ganhar ainda mais força, devido à comodidade e à praticidade de poder pedir algo de imediato – seja onde você estiver.

Se você quiser fazer suas compras online no Assaí e receber na sua casa, peça pelo app da CornerShop. Baixe no seu celular e faça tudo sem sair de casa!

 

E você, está sabendo de alguma tendência bacana para o ano seguinte? Essas foram algumas opções entre as mais famosas que prometem agitar os apps de delivery e também aumentar a procura em pontos de venda da cidade ou para quem tem um negócio de alimentos.

Esperamos que você comece 2022 com tudo e com muitas vendas para dar aquele gás ao seu comércio. Fique de olho em nosso site e nas redes sociais do Assaí Atacadista para mais dicas, informações e ofertas exclusivas!

 

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Como identificar as zonas quentes no seu comércio de alimentos

Veja estas dicas de como melhorar o fluxo dentro do seu bazar ou minimercado e chamar mais atenção dos clientes!

Você trabalha com ponto de venda fixo ou possui um comércio de alimentos de autosserviço, como bazar, minimercado ou mercearia? Então vamos ajudá-lo(a) a gerar mais fluxo dentro do seu estabelecimento e a criar zonas quentes para atrair a atenção dos seus clientes!

 

O QUE SÃO ZONAS QUENTES?

Chamamos de zonas quentes os lugares do ponto de venda de maior fluxo e visibilidade, ou seja, onde os consumidores costumam ir com mais frequência para adquirir algum produto ou o local em que se sentem mais incentivados a comprar.

Isso serve tanto para a mercadoria em si quanto para a estratégia que você utiliza na hora de apresentar os alimentos. Sabemos que existem produtos que vendem mais do que outros, como pães, bebidas, produtos de geladeira, carnes, guloseimas, etc.

Contudo, você também pode potencializar a venda de algum item colocando-o em destaque, seja no balcão, com sinalização na loja, melhorando a iluminação ou deixando-o na ponta de gôndola. Assim, você irá criar um ponto focal – que segue o trajeto do cliente e termina em um foco de compra com destaque visual – e gerar uma zona quente no seu comércio de alimentos!

 

COMO LOCALIZAR AS ZONAS QUENTES

Se você ainda não sabe onde estão as zonas quentes do seu negócio, comece estudando o comportamento e os hábitos de compras dos seus clientes. Veja na sua lista ou no estoque os produtos que mais saem. Depois, localize-os dentro da sua loja e identifique a primeira zona quente.

Outra alternativa é perguntar aos seus consumidores quais são os locais da loja de que eles mais gostam, quais gôndolas eles mais visitam ou se eles têm sugestões de melhorias. 

Do mesmo jeito que existem as zonas quentes do ponto de venda, há também as zonas frias, que são os locais menos visitados e com produtos teoricamente “menos desejados”, como itens de limpeza, higiene ou casa e jardim, por exemplo.

Para atrair esses consumidores para determinados locais do PDV (ponto de venda), temos algumas dicas que podem ajudar a estimular o fluxo no seu negócio e gerar boas zonas quentes:

 

  • Melhore a sinalização da sua loja. Indique onde estão as seções do seu comércio de alimentos para que o cliente possa comprar com mais fluidez.

  • Indique promoções e elabore materiais de merchandising para chamar bastante atenção.

  • Melhore a iluminação da loja, principalmente nos locais de menor movimento.

  • Mantenha as gôndolas sempre organizadas, com reposição de produtos em dia.

  • Use datas comemorativas para evidenciar os produtos que tenham a ver com o período (como estratégia de venda).

  • Elabore promoções com “Leve 2, Pague 1” ou combos com “Leve 1 e ganhe 1 brinde”.

  • Cuide sempre da higiene e da limpeza do local para que os clientes tenham vontade de comprar no seu estabelecimento.

  • Instale equipamentos de segurança, como câmeras e alarmes, para proteger tanto a sua loja quanto os seus clientes.

 

Dessa forma, você conseguirá focar mais o conforto e a comodidade de quem compra no seu comércio e estimular ainda mais as vendas de alimentos dentro do ponto de venda.

Gostou das dicas de negócio? Estamos sempre trazendo novidades e conteúdos interessantes por aqui para facilitar o dia a dia na sua casa e também no seu comércio! Continue navegando para saber mais e acompanhe o Assaí Atacadista em todas as redes oficiais. Até a próxima!

Você também pode
gostar de:

Subscrever RSS - negócios de alimentos