Compartilhe

Mercado pet deve crescer ainda mais no Brasil

O Brasil é considerado um dos maiores mercados para a indústria de pets no mundo. Em 2016, o país tem uma estimativa de crescimento de 6,7% em relação ao ano anterior (em 2015, o avanço foi de 7,6%) com cerca de R$ 19,2 bilhões de faturamento do conjunto de empresas do ramo. Esses são dados estimados pela Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação).

O segmento de alimentos, que impulsiona o setor, corresponde a aproximadamente 70% do faturamento das empresas. Os 30% restantes são divididos entre outros serviços e produtos, como banho e tosa, equipamentos especiais, acessórios e produtos voltados para a higiene e a beleza dos bichinhos de estimação e, por último, medicamentos veterinários. Os fabricantes, entretanto, defendem uma diminuição na carga dos impostos sobre os seus produtos como um meio de fortalecer ainda mais a indústria. A Abinpet calcula que os impostos sobre as rações e outros alimentos para animais de estimação no Brasil representam 51% do preço final; este ano, estima-se que a quantidade de alimentos do setor atinja a marca dos 2,5 milhões de toneladas (um crescimento de 2,5%, um pouco menor do que foi registrado nos dois anos anteriores).

A associação afirma que o Brasil é o terceiro maior mercado pet do mundo no que diz respeito a faturamento, atrás somente dos Estados Unidos, que contribui com 42% dos US$ 102,2 bilhões do faturamento global do setor, e do Reino Unido, que fatura 6,7%. O Brasil fica com uma fatia de 5,3%. Essa posição do Brasil é justificada pelo número de bichinhos de estimação que estão em lares brasileiros. Em 2013 eram 132 milhões (segundo dados do IBGE: 52,2 milhões são cães, 37,9 milhões são aves e 22,1 milhões são gatos) – ocupando o quarto lugar no ranking de maiores populações de animais domésticos no mundo todo. Nos primeiros lugares estão a China, os Estados Unidos e o Reino Unido.

Mas, como usar essas informações a seu favor? Caso você não seja uma empresa que venda produtos para pets, é possível conquistar uma fatia do mercado com algumas ações. Um restaurante ou lanchonete, por exemplo, pode disponibilizar água para os bichinhos, ou mesmo comercializar alimentos, como bolachinhas. Quem aderir esta postura pode usá-la como um diferencial, divulgando a novidade nos canais de comunicação e convidando os clientes a aproveitarem as vantagens.

Você também pode
gostar de:

Chá com Água Gelada: entre nessa tendência deliciosa com Leão!

Inove no consumo de bebidas, com o Chá com Água Gelada da Leão!  

relógio de ponteiro amarelo com papel atrás - economia de tempo - Assaí Atacadista

Economia de tempo: 5 estratégias para ser mais produtivo

Veja como praticar a economia de tempo e tenha uma rotina mais produtiva!

caixas e gondolas com produtos na loja do Assaí Atacadista de Jóquei - BA

Serviços do Assaí: conheça as facilidades do atacado para você!

Conheça os serviços do Assaí Atacadista e venha fazer suas compras economizando!

Fornecedores do Assaí.

Empresas e indústrias de confiança com produtos de qualidade!