Conteúdo principal

vender mais

Compartilhe

Como preparar o negócio para as vendas de final de ano

Dicas para você inovar no final de ano e vender mais com seu negócio de alimentos

O fim de ano é uma das épocas mais comemoradas e, para os empreendedores do setor de alimentos, é um prato cheio no que diz respeito a vendas! 

Vale se atentar às oportunidades e incorporar novas estratégias para atrair mais clientes e fazer com que o seu negócio se destaque, oferecendo novidades e qualidade no serviço.

Por isso, o Assaí vai dar dicas para você colocar em prática e atrair consumidores durante o Natal e o Réveillon, com ações de vendas e promoções usando criatividade para lucrar neste fim de ano. Confira! 

 

Mudança de cardápio

Uma das principais mudanças para aproveitar o movimento do comércio nessa época é adaptar o cardápio com novas opções e ingredientes que estejam dentro do tema.

Para quem trabalha com vendas por encomendas, é hora de entrar com receitas novas e edições limitadas, a fim de incentivar os consumidores a aumentar o valor de compra (ticket médio) e trazer um tom de exclusividade.

O mesmo vale para restaurantes, bares, lanchonetes, minimercados e vendedores ambulantes: acrescente novas opções ao cardápio e dê destaque aos sabores de Natal e de Ano Novo com promoções e combos para incentivar os pedidos.

 

Oferecer kits de ceia

Essa ideia tem tudo para bombar no final de ano! Que tal trabalhar com kits de ceia para levar praticidade aos clientes e um cardápio inteiramente feito para o dia da confraternização de Natal e de Ano Novo?

Você pode sugerir tamanhos e estilos diferentes de ceia e vender o pacote completo, com pratos, bebidas e sobremesas, ou a versão reduzida. Muitos restaurantes estendem seu cardápio especial de fim de ano para o delivery – e essa é uma ótima sugestão. 

 

Checagem e abastecimento de estoque

Com o aumento de pedidos e reservas, é importante checar sempre o estoque e, durante o final de ano, rever o tamanho das suas compras para que nada falte e você possa atender a todas as demandas com tranquilidade.

Por isso, a dica é ter uma reserva maior de suprimentos nesse período e já adiantar o pedido a fornecedores de ingredientes sazonais, mais difíceis de encontrar, além de reservar um espaço maior para os produtos e para a sua despensa de alimentos.

 

Foque a pré-produção

Para otimizar processos dentro do seu negócio e agilizar os pedidos, uma dica é atentar-se à pré-produção, a fim de adiantar ainda mais as etapas de fabricação dos seus produtos.

Deixe pronto o máximo de coisas que conseguir e utilize geladeira, freezers e espaço no estoque para já deixar tudo guardado e pronto para ser usado durante a produção. Massas de bolos, recheios, temperos, molhos, entre outros, são exemplos de alimentos que já podem ser antecipados na sua pré-produção!

 

Descontos e promoções

Não poderíamos deixar de falar das promoções de fim de ano! É aqui que as campanhas e os saldões de vendas começam, já que muitos consumidores esperam o ano todo para aproveitar os descontos ou também “gastar” o dinheiro como forma de presentear.

Por isso, aproveite esse impulso no comércio para atrair os clientes com ações de vendas especiais, combos e opções diferentes no seu negócio, como embalagens promocionais e sorteios, além de anunciar nos seus canais oficiais todas as novidades. Quem comunica vende melhor!

 

Vendas “pegue e leve”

Também conhecido como “take away”, o modelo de vendas é um “pegue e leve”, em que o cliente retira o pedido na loja ou no ponto de venda e leva para casa. Essa pode ser uma excelente estratégia para quem quer vender sem precisar ter espaço fixo, aglomerar ou como forma de agilizar o atendimento e o fluxo de clientes.

A retirada dos produtos também pode ser agendada, com vendas diretamente por aplicativo de delivery ou pelo WhatsApp. 

 

Aproveite a Black Friday 

E, falando em descontos, a Black Friday é um dos principais acontecimentos do varejo, com ofertas arrasadoras para você vender mais em um curto espaço de tempo. Portanto, não dá para ficar de fora!

Neste ano, a data acontece no dia 26 de novembro, mas você já pode programar a semana inteira com promoções especiais para já aquecer os motores para o fim de ano e vender até o último dia de dezembro.

 

É isso mesmo: as vendas de Natal e Ano Novo vão começar com tudo se você se preparar com antecedência e deixar o seu negócio de alimentos pronto para a alta temporada.

Foque a qualidade do serviço e o bom atendimento para manter os clientes por perto durante 2022 também. Assim, você já começa o ano que vem em um ótimo ritmo e com oportunidades de crescer cada vez mais!

 

Esperamos ter ajudado com essas dicas de negócio incríveis e convidamos você a aproveitar o melhor fim de ano com o Assaí. Vem muita economia e novidades pela frente... não dá para perder. Fique de olho com a gente!

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Dicas para vender mais no seu comércio de alimentos

Saiba como vender mais ao aprimorar o seu negócio de alimentos com novas práticas!

 

O comércio de alimentos é um dos mais importantes para a economia global, pois envolve desde a cadeia de produção e parcerias com fornecedores até o contato com o consumidor final. 

Só em 2020, o faturamento da indústria de alimentos atingiu R$789,2 bilhões (segundo dados da Agência Brasil), com crescimento de 12,8% em relação ao ano anterior.

Além do aumento da demanda, também pudemos perceber uma mudança nos hábitos de compra e de consumo dos brasileiros, com orçamentos reduzidos e a compra virtual ainda mais presente.

E todo esse processo deve ser analisado e bem aproveitado por quem possui um comércio de alimentos e quer vender mais nesse novo cenário. Por isso, resolvemos trazer dicas práticas de como transformar o dia a dia dos negócios e chamar a atenção dos consumidores para o seu tipo de produto ou serviço! Acompanhe:

 

1 - COLOQUE NOVAS AÇÕES EM PRÁTICA

Depois de analisar as mudanças como um todo, é hora de colocar no papel as suas ideias e se planejar. Se você quer vender mais e busca uma retomada, seja financeira ou criativa, essa é a hora de sentar e reorganizar a sua estratégia comercial.

Estude fornecedores, analise a sua estrutura, investigue, faça pesquisas e procure a opinião de especialistas em mercado para entender o seu público e aonde você quer chegar. A partir disso, fica mais fácil traçar uma estratégia e colocar em prática o seu novo posicionamento. E isso é um gancho para a nossa próxima dica.

 

2 - MERGULHE NO UNIVERSO DIGITAL

O mercado digital tem se tornado um espaço cada vez mais rentável para muitos empreendedores. Isso porque as práticas no meio online exigem menos estrutura e mais estratégia. Ou seja, você consegue atingir o seu público/cliente/consumidor de maneira mais efetiva sem precisar de muitos recursos.

Desde novas formas de pagamento, como o PIX, até novos canais de relacionamento, como o Telegram, existem diversas maneiras de divulgar o seu negócio, atrair mais clientes e vender por meio do mercado digital. Tudo vai depender de muito estudo e da sua percepção de mercado, ativando a sua marca nas redes sociais e estando cada vez mais presente nesse universo.

 

3 - FORTALEÇA O RELACIONAMENTO COM O CONSUMIDOR

E já que as redes sociais são um ótimo canal para chegar até o seu cliente, aproveite para estabelecer um relacionamento de qualidade, dando a atenção que ele merece e criando um laço de fidelidade.

O remarketing (ou recompra) é um dos principais fatores de crescimento de um negócio, em que a sua marca permanece lembrada na mente do consumidor e se torna sinônimo de qualidade, referência e excelência.

Montar uma lista de clientes sólida e manter um contato constante com eles são ações que trazem estabilidade nas vendas, rendimento constante e maior possibilidade de investimento para o seu comércio de alimentos!

 

4 - INVISTA EM QUALIDADE

Seja na qualidade de atendimento ou na de insumos, é importante reinvestir sempre parte dos lucros no seu negócio. Essa é uma forma de garantir a expansão da sua empresa e pensar no seu futuro. Um estoque maior, uma equipe preparada ou equipamentos de alta performance são exemplos disso.

Cada vez mais, os consumidores ficarão mais exigentes e terão mais expectativa sobre o que você vende. Assim, você precisará inovar ou transformar o que você já faz em algo melhor.

E o primeiro passo para fazer isso é melhorar a qualidade, pensar no melhor custo-benefício para a sua empresa e refinar/polir a sua estratégia, como um cristal que, quanto mais lapidado, mais brilhante se torna.

 

5 - APRIMORE A SUA GESTÃO

Empreender no Brasil é um desafio ainda maior, por conta de diversos fatores, como economia, burocracia e competitividade. Logo, não tem como crescer e vender mais no seu empreendimento sem adquirir mais aprendizado e aperfeiçoamento constante.

Saber tudo sobre finanças, gestão, vendas, comportamento do consumidor, entre outros temas, é essencial para subir cada degrau na sua jornada. É aqui que entra aquela famosa frase: “conhecimento nunca é demais”. Fora que investir em si mesmo(a) é igual a investir no seu negócio: no final das contas, tudo é feito pensando no seu objetivo profissional, não é verdade?

Se você procura algo acessível e capaz de impulsionar a sua carreira, confira os cursos online da Academia Assaí Bons Negócios! São cursos livres, totalmente grátis, com material elaborado por grandes profissionais do mercado, capaz de auxiliar você no que for preciso. 

Além disso, após a conclusão, você ainda garante um certificado de especialização para a vida toda. Se você ainda não conhece os cursos da Academia Assaí, acesse o site e descubra hoje mesmo: www.academiaassai.com.br.

 

Aproveite também a Quinzena do Comerciante na loja Assaí Atacadista mais perto de você e garanta a economia diária para o seu negócio. São condições imperdíveis e ofertas selecionadas para ajudar nas suas vendas com a melhor qualidade e variedade.

Acompanhe mais dicas e conteúdos exclusivos aqui no Blog Assaí e siga-nos nas redes sociais para mais novidades em primeira mão!

 

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Como preparar o negócio para vender mais na Páscoa

O comércio de ovos de chocolate e doces cresce muito na Páscoa, por isso, é importante se preparar e acompanhar as tendências para vender mais neste ano

A Páscoa é um dos períodos mais agitados do comércio de alimentos, já que a venda de chocolates e doces aumenta bastante e serve tanto para o consumo próprio quanto para presentear alguém.

Apesar das mudanças nos hábitos de compra durante o isolamento, felizmente, a venda de chocolates é uma das principais apostas para 2021 e promete manter a economia ativa para pequenos e grandes produtores ou revendedores.

E, se você ainda não providenciou um estoque recheado de gostosuras ou adaptou o cardápio para atender a essa demanda, corra, porque a Páscoa está chegando e pode ser muito lucrativa!

 

HORA DE LANÇAMENTOS DE PÁSCOA

Além dos tradicionais ovos de Páscoa, ovos recheados e ovos de colher, existem diversas opções de doces que podem entrar nos pedidos de Páscoa e se encaixar bem no seu estilo de negócio, como brigadeiros gourmet, cupcakes, tortas, barras recheadas, bombons e muito mais.

Os bolos em fatias, por exemplo, são uma das inovações. A ideia funciona muito bem para vender por delivery de forma prática e super-rápida, já que apenas um bolo retangular rende várias fatias.

Você pode vendê-las em embalagens de marmita. Isso mesmo: marmita – e, assim como os bolos de pote, colocar um talherzinho para acompanhar, a fim de serem consumidas imediatamente.

 

A ENTREGA FAZ A DIFERENÇA

Falando em delivery, essa ferramenta de vendas adaptada a diversos negócios ao longo do ano passado foi o que salvou muitos empreendedores! As vendas puderam se manter ativas e o resultado foi, inclusive, o crescimento no setor de alimentação como um todo para quem utilizou os aplicativos de entrega.

E, em 2021, esse sistema ainda está em alta! Se você trabalha com a produção caseira de doces, ovos de Páscoa ou outras iguarias, conte com o delivery para vender e conseguir pedidos.

A venda por encomenda também é uma das saídas, já que manter o estoque sempre cheio pode ser dispendioso para o seu tipo de comércio. Feche os pedidos primeiro e depois parta para a linha de produção. Isso evita perdas de insumos e prejuízos no seu caixa.

 

PÁSCOA EM PONTOS DE VENDA

Para quem tem loja física, a melhor forma de atrair a clientela é, primeiramente, investir na decoração e na apresentação dos produtos na loja. Colocar placas temáticas, estandes de vendas decorados com artigos de Páscoa e mostrar todas as opções e novidades logo de cara.

Outra maneira de chamar mais público é anunciando tudo pelas redes sociais e os canais oficiais da sua loja. 

Hoje em dia, a compra começa antes mesmo do cliente chegar ao ponto de venda. Ele costuma navegar pelos sites e perfis das marcas para descobrir se há produtos novos, promoções, brindes exclusivos, etc. Investir no marketing digital nessas horas é essencial para impactar positivamente nas suas vendas presenciais!

 

O importante é não ficar de fora e preparar o seu negócio para essa época do ano tão gostosa e festiva, mesmo sendo em casa, mas sempre com a família reunida.

Gostou das dicas? Continue sempre acompanhando as novidades no Blog Assaí e receba conteúdos diversos, como receitas, notícias, saúde, bem-estar e muito mais!

 

Você também pode
gostar de:

Subscrever RSS - vender mais