Conteúdo principal

hamburguer

Compartilhe

5 receitas de hambúrguer caseiro

5 receitas de hambúrguer caseiro: do tradicional ao recheado, há várias opções para você se deliciar!

Você sabia que, no dia 28 de maio, é comemorado o Dia do Hambúrguer? Nada mais justo do que um prato tão saboroso ter um dia só para ele, não é mesmo?

Pensando nisso, listamos aqui 5 receitas fáceis e saborosas para você fazer em casa e agradar aos mais diferentes paladares. 

Tradicional, de costela, sem carne e até mesmo recheado… aprenda a preparar essas delícias.

Vamos conferir as receitas?

 

Hambúrguer de costela

Ingredientes:

  • 1 kg de costela bovina moída 

  • 1 pacote de creme de cebola

  • 1 cebola 

  • Sal

  • Pimenta de sua preferência

Modo de preparo: 

  1. Corte todos os ingredientes bem fininhos ou passe no processador.

  2. Misture com a costela moída e acrescente o creme de cebola para dar liga.

  3. Por último, adicione sal e pimenta a gosto.

  4. Asse na grelha ou no grill.

Dica: temperar um dia antes deixa a carne mais saborosa. Você pode adicionar também cheiro-verde, cebolinha, salsinha, orégano ou manjericão. 

 

Hambúrguer de calabresa

Ingredientes:

  • 500 g de carne moída

  • 1 gomo de linguiça calabresa moída ou passada no processador ou liquidificador

  • 1 colher (chá) de pimenta-do-reino

  • 1 cebola branca ou roxa picada em cubinhos bem pequenos

  • 1 colher (sopa) de molho inglês

  • Sal a gosto

Modo de preparo: 

  1. Em uma tigela, junte a carne, a linguiça, a cebola picada, o molho inglês e a pimenta-do-reino e misture bem com as mãos até formar uma massa uniforme.

  2. Deixe na geladeira por uma hora para que os sabores possam se misturar.

  3. Faça 6 bolinhas e achate cada uma delas para que fiquem com 10 centímetros de diâmetro (ele diminui quando grelhado).

  4. Para grelhá-los, você pode usar um grill ou colocar em uma frigideira antiaderente bem quente.

 

Hambúrguer caseiro tradicional

Ingredientes: 

  • 1 kg de carne moída (de preferência patinho)

  • 1 sachê de creme de cebola

  • 1 cebola média picada

  • 4 dentes de alho picados

  • Cebolinha a gosto

  • Sal e pimenta a gosto

  • Orégano a gosto

Modo de preparo: 

  1. Misture todos os ingredientes, amasse bem e forme bolinhas, depois achate para ter a forma de hambúrguer.

  2. Asse na grelha ou grill. 

Dica: dê preferência para carnes com gordura. O ideal é que o hambúrguer tenha de 20% a 30% de gordura.

 
Hambúrguer de couve-flor

Ingredientes:

  • 1 couve-flor

  • 1 cebola pequena

  • 1 punhado de cheiro verde

  • Aveia em flocos finos

  • Azeite

  • Temperos

Modo Preparo: 

  1. Cozinhe a couve-flor até ficar macia. Pique em pedaços bem pequenos a cebola e a couve-flor cozida.

  2. Coloque-as em um recipiente, junte o cheiro verde e tempere a gosto (você pode usar também orégano, pimenta calabresa, páprica picante, curry e cominho). Coloque um fio de azeite e acerte o sal.

  3. Acrescente aveia até formar uma massa firme que não grude nas mãos.

  4. Forme os hambúrgueres, embrulhe-os separadamente com filme plástico e congele.

  5. Depois, é só fritar ou assar.

 

Hambúrguer recheado (gorgonzola)

Ingredientes:

  • Azeite (se for fritar)

  • 50 g de manteiga em temperatura ambiente

  • 100 g de queijo gorgonzola

  • 1 colher (sopa) de vinagre balsâmico

  • 1 colher (café) de páprica defumada

  • Sal a gosto

  • ½ cebola roxa picadinha

  • 500 g de carne fraldinha

Modo de preparo:

  1. Misture bem a carne com todos os temperos e reserve.

  2. Amasse o queijo com um garfo e misture a manteiga. Reserve.

  3. Divida a carne em oito partes.

  4. Faça uma bola com um pedaço de carne e amasse para formar um disco.

  5. No centro do disco, espalhe 1/4 do recheio deixando a borda sem queijo.

  6. Coloque outro disco de carne por cima e amasse bem as bordas para que a carne se junte nas laterais.

  7. Leve à churrasqueira, grill ou frigideira.

 

Este conteúdo foi útil? Então, você vai gostar de ler também Mitos e verdades sobre como fazer hambúrguer

Agora é só correr para o Assaí e garantir todos os ingredientes de que precisa com o menor preço. Visite uma de nossas lojas!

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Como surgiu o hambúrguer e os tipos diferentes que existem

Em homenagem ao Dia do Hambúrguer, conheça a origem e alguns tipos de hambúrguer que existem!

 

Vontade de um hambúrguer caprichado na minha mesa agora! Uma receita que já ganhou o mundo pelo sabor, pela praticidade e pela variedade de ingredientes. E é sobre isso mesmo que vamos falar!

Você sabe de onde vem a receita original de pão, carne e queijo? Além de voltarmos à sua história e descobrirmos sua origem, vamos mostrar alguns dos vários tipos de hambúrgueres que existem atualmente, para todos os gostos e estilos. Então bora acompanhar essa viagem, começando lá no século XIII.

 

A HISTÓRIA DO HAMBÚRGUER

 

Existem muitos relatos sobre a origem do hambúrguer como o conhecemos, mas muitos especialistas dizem que tudo começou com as tribos da Ásia Ocidental, mais especificamente os mongóis, que faziam longas viagens a cavalo e colocavam um tipo de carne amassada e achatada em suas cargas, abaixo da cela, para serem transportadas e consumidas no meio do caminho.

Depois, esse tipo de carne chegou até a Alemanha, no porto de Hamburgo, onde os açougueiros encontraram uma forma de moer a carne e temperá-la para montar pratos rápidos, saborosos e com baixo custo. A iguaria ficou bastante popular na cidade e logo começou a percorrer outros cantos do planeta.

Depois de ficar famosa na Alemanha, a carne processada viajou até os Estados Unidos e a famosa receita de bife moído foi apelidada pelos americanos de “hamburg steak” (carne ou bife de Hamburgo).

Mais adiante, em meados de 1900, um empresário da época gostou da praticidade de fazer carne processada, por conta de ela ser barata e fácil de preparar, e teve a ideia de vender em grande escala.

Nessa época, em 1921, foi que surgiu a primeira rede de lanchonetes especializada em hambúrgueres, chamada White Castle, com carne cozida e temperada com cebola. O negócio deu tão certo que outros empresários também quiseram investir na ideia, indo mais adiante. 

 

Em 1921, os irmãos Maurice e Dick Donald abriram o seu primeiro drive-in na Califórnia, criando um novo modelo de negócios e um novo hábito de consumir comida rápida pronta, conhecido como fast food.

No Brasil, o hambúrguer apareceu junto com as famosas redes de fast food americanas, com o investimento do tenista Robert Falkenburg, que trouxe a primeira rede ao Rio de Janeiro, em 1952.

De lá para cá, o mercado de burgers só cresceu, com novas receitas, a montagem de combos com refrigerante e fritas e o conceito de hamburgueria gourmet e até de hambúrguer vegetariano e vegano! Sorte a nossa, porque é tanta delícia no cardápio que fica difícil escolher!

 

TIPOS DIFERENTES DE HAMBÚRGUERES

 

Como vimos, o hambúrguer vem de muito tempo e até de outro continente. Mas, conforme os anos foram passando, a receita só foi melhorando, com versões diferentes para diversos perfis de consumidores e de mercado.

Por isso, vamos mostrar alguns dos tipos mais consumidos atualmente para você ficar com água na boca e também para celebrar o Dia do Hambúrguer, que acontece em 28 de maio. Confira!

 

Hambúrguer gourmet

O hambúrguer gourmet ou artesanal traz uma receita diferenciada com preparação mais elaborada, ingredientes especiais e um blend de carnes mais nobres. Trata-se de um modelo de negócios que cresceu muito no sistema de hamburguerias por todo o Brasil.

 

Smash burger

O smash burger é um hambúrguer literalmente achatado, de aproximadamente 100 g, que ganhou bastante popularidade nas redes de fast food. Com os hambúrgueres mais finos, é mais fácil inserir vários discos de carne no lanche sem deixá-lo muito pesado, mantendo a suculência e barateando o seu custo de produção e venda.

 

Hambúrguer vegetal

O hambúrguer de “carne vegetal” utiliza ingredientes à base de plantas. Um produto criado para atender principalmente o público que não come carne, mas ama comer hambúrguer. O sabor é idêntico ao de carne comum e também pode ser comprado pronto.

 

X-burger/cheeseburger tradicional

O mais tradicional de todos. O pão com carne e queijo é o tipo de hambúrguer mais comum e podemos até dizer que é o “pai dos burgers”. Uma combinação simples de ingredientes, de fácil preparo, mas com uma explosão de sabores que muita gente adora! Por ser menor, atende bem à fome de crianças ou à de quem não costuma comer em grandes quantidades.

 

Hambúrguer recheado

Com o aperfeiçoamento das receitas e também das ideias para as grandes redes de fast food venderem mais, surgiram muitas versões de hambúrguer – e uma delas é o recheado.

Geralmente, o recheio leva muito queijo e sua estrutura é parecida com a de um polpetone, mas que, quando colocado no pão de hambúrguer, vira um gigante em sabor!

 

Hambúrguer de macarrão

Tem também a seção de iguarias e versões mais exóticas de hambúrguer, como esse, em que o pão é substituído por macarrão instantâneo. Podemos citar outras combinações exóticas, como o hambúrguer de coxinha, de brownie, de acarajé, de feijoada ou de sushi. Mas isso surgiu mais por conta da criatividade dos brasileiros, que amam criar receitas novas!

 

Hamburgão (salgado)

Um salgado supertradicional em padarias, lanchonetes e feiras é o hamburgão. Ele nada mais é do que um pão de massa assado com recheio de hambúrguer, presunto, tomate e queijo. Uma verdadeira delícia que muita gente conhece por ter experimentado na infância.

 

Nossa, poderíamos ficar horas falando da variedade de hambúrgueres e sobre tudo o que ele representa, mas, quando começa a bater a fome, fica difícil, não é verdade?

Esperamos que você tenha gostado da matéria e conhecido mais sobre a origem do hambúrguer e as diversas combinações que existem por aí. Fique de olho em nossas redes sociais para mais novidades, receitas e dicas para o seu dia a dia. Até mais!

 

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Conheça a variedade da alimentação com vegetais

Saiba mais sobre os benefícios de consumir vegetais na alimentação

Uma alimentação com vegetais traz diversos benefícios ao organismo e também influencia no estilo de vida de quem consome. Além de estar ligado a nutrientes e à variedade de receitas, o consumo de frutas, verduras e legumes pode ser mais econômico e saudável.

As verduras são vendidas por unidade ou quilo, com preços muito acessíveis se comparados aos de outros alimentos, como carnes, enlatados e comidas prontas congeladas.

No Brasil, o consumo de vegetais aumentou tanto pela economia quanto pelos hábitos alimentares das pessoas. Segundo dados do Ministério da Saúde (2017), um em cada três brasileiros consome vegetais diariamente.

Isso porque esses alimentos são muito versáteis e podem ser utilizados em inúmeras receitas no dia a dia, aumentando a variedade tanto em sabor quanto em nutrição, com hortaliças, leguminosas, tubérculos e etc.

Muitas pessoas adotam a dieta à base de vegetais como um estilo de vida, desenvolvendo um paladar vegetariano ou a filosofia vegana, por exemplo.

O vegetarianismo é uma alimentação linear à base de produtos de origem vegetal, com restrição à carne animal. E existem diferentes variações dele, aumentando o nível de restrição alimentar focada no consumo exclusivo de produtos de origem vegetal.

Confira as principais delas:

Ovolactovegetarianos

Trata-se de uma dieta menos restritiva, em que se pode ingerir alimentos que tenham leite e ovos, mas sem consumir carne.

Lactovegetarianos

Além de não comerem carne animal ou nenhum produto derivado, os lactovegetarianos também não consomem ovos, que são fontes de proteína animal. O consumo de leite e derivados é permitido, como queijos, manteiga e outros alimentos.

Vegetarianos estritos

Os vegetarianos estritos não consomem nem carne nem leite e ovos, somente proteína vegetal e fontes vegetais, como grãos, sementes, folhas, frutos, raízes, verduras, legumes, etc.

Veganos

O veganismo vai além de hábitos alimentares, pois envolve questões éticas e também relacionadas ao comportamento. Por isso, as pessoas veganas não consomem alimentos de origem animal nem produtos associados a animais ou que envolvem formas de exploração ou crueldade.

O(a) vegano(a) não usa roupas ou calçados de couro e seda ou cosméticos que sejam testados em animais, seja qual for o método.

Ainda assim, as receitas vegetarianas podem surpreender o paladar com um bom tempero e técnicas diferentes de preparo. Já existem no mercado diversos alimentos em versões vegetarianas ou veganas para atender a esses clientes e oferecer novas opções de comidas, desde bacon vegano a salsichas e hambúrgueres, tudo feito a partir de proteína vegetal e com muito sabor!

Que tal aprender uma receita de hambúrguer vegetariano bem simples e deliciosa? Acompanhe a seguir:

 

HAMBÚRGUER DE LENTILHA

 

INGREDIENTES

180 g de lentilhas cozidas

2 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem

1 colher de chá de orégano

Folhas de sálvia fresca

1 xícara de farinha de rosca

Sal e pimenta-do-reino a gosto

 

MODO DE PREPARO

1 - Coloque as lentilhas na panela de pressão, cobertas por um dedo e meio de água, sem sal, com algumas folhas de sálvia, por aproximadamente 20 minutos depois de iniciar o barulho da pressão.

2 - Uma vez que as lentilhas estiverem cozidas, bata tudo no liquidificador, inclusive as folhas de sálvia, e adicione uma colher de chá de orégano, uma colher de sopa de azeite extravirgem, sal e pimenta a gosto.

3 - Bata todos os ingredientes e transfira a mistura para uma tigela. Vá adicionando, colher por colher, a farinha de rosca e mexa. Coloque o tanto de farinha necessário até que a mistura seja fácil de trabalhar com as mãos.

4 - Forre uma assadeira com papel-manteiga, forme os hambúrgueres com as mãos e asse-os em um forno a 180°C por 20 minutos.

5 – Depois, é só montar seu hambúrguer de acordo com a sua preferência e saborear.

 

Você também gosta de receitas como essa?

Continue acompanhando tudo sobre receitas, dicas e bem-estar no Blog Assaí e até a próxima leitura!

Você também pode
gostar de:

Subscrever RSS - hamburguer