Conteúdo principal

dicas de cozinha

Compartilhe

Dicas de cozinha para quem mora sozinho

Se você é solteiro(a) ou precisa cozinhar somente para você, vamos dar dicas de cozinha valiosas para se alimentar com qualidade, rapidez e muito sabor!

Solteiro(a) ou não, tem quem precise cozinhar para si mesmo(a) em casa. Pensando em você, separamos algumas dicas de cozinha para facilitar o preparo de receitas no seu dia a dia, dando mais ânimo na hora de pôr a mão na massa!

Além de “dar trabalho”, cozinhar requer paciência e capricho para que tudo saia bem e fique saboroso, sem pôr em risco a sua saúde e o local onde você mora. Muitas vezes, bate aquela preguiça de ir para a cozinha e o delivery é a única salvação, não é mesmo?

Mas estamos aqui para desmistificar esse assunto e mostrar as vantagens de cozinhar para si mesmo (a) em casa, principalmente neste período de isolamento social, em que muitas pessoas retomaram velhos hábitos, buscaram aprender mais e reacenderam aquela vontade de cozinhar.

Essa pode ser uma tarefa descomplicada para que você não fique em apuros ou desista de se alimentar com qualidade, começando desde a seleção de ingredientes até a forma de prepará-los.

 

PRIMEIRO, OS ALIMENTOS

Vale a pena falar da importância de escolher o que você come, por isso, selecione os alimentos de que você gosta, mas também priorize os que tenham propriedades nutritivas ou sejam fáceis de preparar para facilitar a sua jornada sozinho(a) na cozinha.

Deixe para os dias de semana as opções mais leves e guarde para o final de semana algo mais pesado ou o momento de “extrapolar”. Ingredientes como carnes, legumes, ervas, ovos e manteiga não podem faltar. Esses são, geralmente, a base das principais receitas que conhecemos.

 

CONTROLE A DESPENSA

Aqui entram as compras do mês ou da semana, com um planejamento rápido pensando no que você mais precisa ou deseja consumir. Lembre-se de não comprar nada em excesso, pois quem mora só sabe que é muito fácil estragar comida na geladeira, não é verdade?

Se tem alguma receita especial que você queira experimentar, vá fundo: coloque os ingredientes na cestinha. Mas se não esqueça do básico, daquilo que é usado no dia a dia e dos insumos que você usa para preparar receitas com as quais já esteja acostumado.  

Calcule a quantidade certa de que você precisa e, semanalmente, faça um checkup rápido na geladeira e na despensa vendo se algo passou da validade ou acabou antes do que você imaginava. Esse é um hábito que pode ser mais difícil no começo, mas depois você pega o jeito e nem sente.

RECEITAS RÁPIDAS E FÁCEIS

Um omelete no café da manhã, um macarrão à bolonhesa no almoço e, no jantar, um estrogonofe de frango. Existem algumas receitas que exigem menos ingredientes e menor tempo de preparo para que você possa fazer sozinho(a) sem interromper muito a sua rotina.

Outras dicas são aquelas receitas que só precisam de uma panela para serem preparadas, evitando o excesso de louça na pia no seu pós-refeição. Você pode fazê-las em porções individuais para comer um prato sempre fresco e delicioso.

Algumas dessas receitas são: macarrão à putanesca, risoto de cogumelos, cuscuz, baião de dois, sopa de legumes, arroz com frango, macarrão ao alho e óleo e muitos outras.

 

UTENSÍLIOS INCRÍVEIS

Se você mora sozinho, vale a pena ter utensílios e aparelhos de cozinha que agilizem ainda mais o preparo das suas receitas. Em vez de fritar batatas em óleo quente e sujar panela e fogão, que tal fazê-las na fritadeira sem óleo?

Da mesma forma, utensílios como batedeiras, processadores, mixers, liquidificadores e até máquinas de pão e bolo são muito mais práticos. Atualmente, há muitos aparelhos que podem ajudá-lo(a) a deixar qualquer prato mais prático, com a mesma qualidade e o mesmo sabor.

 

REAPROVEITAMENTO

Às vezes, você quer tanto uma receita que acaba preparando um pouco a mais do que imaginava e essa sobra corre o risco de ficar na geladeira por muito, mas muito tempo.

E, para não correr esse risco e ainda aprender a reaproveitar o que você já preparou, vale a pena pesquisar alguma receita que possa ser complementada com essas sobras, como um arroz de forno, uma torta com recheio de frango e legumes, entre outras.

CONGELAR ALIMENTOS

Essa talvez seja a dica mais valiosa para quem mora só e quer se organizar para cozinhar no dia a dia sem ter dor de cabeça. O freezer será o seu melhor aliado no combate ao desperdício e à preguiça!

Se você não estiver muito a fim de cozinhar, retire do congelador alimentos pré-prontos que você tenha deixado ali durante a semana (como feijão cozido ou uma carne com batatas ao forno), pois já será meio caminho andado.

Você pode até montar o seu cardápio em cima disso e ainda deixar marmitas à sua espera no freezer, com tudo preparado, de forma que é só aquecer no micro-ondas ou no forno e aproveitar.

 

Tem solução para tudo! Por isso, acreditamos que, com essas dicas, você consiga se alimentar melhor, mesmo morando sozinho, e agilizar todo o processo na cozinha sem se estressar.

Retome o gosto por cozinhar e faça esse favor por você mesmo(a) no dia a dia! Gostou? Continue lendo o Blog Assaí para mais conteúdos exclusivos que têm tudo a ver com o seu dia a dia. Até mais!

 

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Dicas para assar melhor suas receitas de bolos e massas

O bolo não assou direito? A massa da torta queimou? Não se preocupe: separamos algumas dicas para você assar melhor suas receitas de bolos e massas 

Quando você termina de preparar a massa e a coloca no forno, é que começa o mistério: será que vai assar certinho? Para que você não fique mais nesse suspense, preparamos algumas dicas para assar melhor suas receitas de bolos, tortas e até mesmo biscoitos. 

SIGA EXATAMENTE AS MEDIDAS DOS INGREDIENTES

Logo que você começa a preparar a sua massa, já há uma dica que será importante na hora de assar: seguir as medidas de ingredientes que estão marcadas na receita. A quantidade de cada um deles corresponde a uma proporção para que o resultado seja o ideal. Ao cozinharmos, é muito comum utilizarmos o padrão de medidas em xícaras e colheres. Porém, esse método pode fazer você utilizar uma quantidade maior ou menor de alguns ingredientes. Então, se você tiver uma balança de cozinha, prefira sempre pesar e usar exatamente o quanto a receita pede. 

PRESTE ATENÇÃO ÀS TEMPERATURAS DOS INGREDIENTES E DO FORNO 

Normalmente, as receitas não trazem referências da temperatura em que os ingredientes devem estar. Nesse caso, entenda que eles devem sempre estar em temperatura ambiente. Se houver alguma indicação, por exemplo, 200 ml de leite morno ou uma caixinha de creme de leite gelado, para que sua receita saia como o planejado, siga as instruções. 

Outro ponto importante é prestar atenção à temperatura do forno. Se o processo pedir temperatura alta, então o melhor é ajustar o forno em mais de 210°C. Bolos e outras massas, geralmente, precisam de temperatura média, variando entre 180 e 200°C. Já os biscoitos, muitas vezes, podem ser assados em uma temperatura mais baixa, variando entre 150 e 180°C. 

Duas dicas sobre a temperatura do forno: 

  1. Sempre preaqueça seu forno entre 10 a 15 minutos antes de levar sua massa para assar. 

  2. Evite ficar abrindo o forno. Se quiser ver como a receita está assando, prefira usar a luz do forno. 

CONHEÇA BEM O SEU FORNO 

 

Pode parecer uma dica óbvia, mas é importante entender como seu forno se comporta quando você está assando coisas. Para isso, teste algumas coisas, como colocar algo para assar tanto na grade de cima como na de baixo. Assim, você conseguirá saber o melhor lugar. Além disso, observe também se o seu forno tem alguma irregularidade quanto a áreas de calor. Você pode fazer isso observando se os seus bolos ou a sua torta costumam assar mais de um lado do que de outro. Isso também pode ser percebido se apenas uma das partes da sua receita criar aquela casquinha crocante. 

ESCOLHA A FÔRMA CORRETA 

Tanto o material quanto o tamanho de suas fôrmas irão influenciar em como sua receita irá assar, então escolha sabiamente. Apesar de práticas, por não grudarem a massa, as fôrmas de silicone não absorvem tão bem o calor quanto as de metal, podendo deixar os bolos menos assados no meio. Elas são mais indicadas para receitas que levam menos quantidade de massa, como as de cupcakes ou pães de queijo.

Lembre que as massas de bolo crescem quando assadas, por isso, é sempre bom não encher as fôrmas. Sempre deixe um espaço: isso evita que o bolo transborde e suje todo o seu forno. Caso você escolha uma fôrma grande demais para a quantidade de massa, o bolo poderá não crescer muito. O ideal é que sua receita encha cerca de dois terços da fôrma escolhida. 

Agora que você conhece essas dicas para assar melhor os seus bolos e outras massas, nada melhor do que praticar. E não se esqueça de ficar sempre de olho no Blog Assaí para estar por dentro das melhores dicas e novidades para o seu dia a dia!

 

Você também pode
gostar de:

Subscrever RSS - dicas de cozinha