Conteúdo principal
Compartilhe

Conheça os principais tipos de castanhas para receitas de fim de ano

As castanhas são aromáticas, crocantes e combinam com diversas receitas de Natal e Ano-Novo

Você gosta de castanhas? Sejam puras ou em receitas, elas são ingredientes versáteis e muito saborosos e podem dar crocância e deixar os pratos de Natal e de Ano-Novo ainda melhores.

Usadas tanto em acompanhamentos quanto em sobremesas, por exemplo, as castanhas combinam muito bem com misturas salgadas ou doces – basta acrescentá-las à receita para que elas adquiram o sabor adequado.

 

O QUE SÃO AS CASTANHAS?

 

Elas são alimentos que se encaixam na categoria das oleaginosas, ou seja, são sementes ricas em óleo, envolvidas por uma casca rígida e com alto teor de gordura boa, fornecendo energia, vitaminas e minerais e colaborando para o bom funcionamento do organismo. 

Entre os principais tipos de castanhas mais consumidos no dia a dia, estão as nozes, a castanha-do-pará, a castanha-de-caju, a avelã, o amendoim, as amêndoas e o pistache. 

Conheça melhor cada uma delas:

 

NOZES

São ricas em ômega 3 e contribuem para o melhor funcionamento do cérebro, além de serem indicadas para a memória e para melhorar o controle da pressão e dos vasos sanguíneos.

São muito utilizadas em doces e sobremesas refinadas, como o camafeu de nozes e o estrogonofe de nozes.

 

CASTANHA-DO-PARÁ

Ótima para ajudar o sistema imunológico. Ainda, é boa para a tireoide e para a desintoxicação do corpo. Leva também o apelido de “castanha-do-brasil” e tem uma das cascas mais grossas entre as demais castanhas.

 

CASTANHA-DE-CAJU

O consumo de castanha-de-caju ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL) e a elevar o colesterol bom (HDL). É uma ótima fonte de energia, melhora o desempenho durante atividades físicas e auxilia na recuperação do organismo no pós-treino. Serve como aperitivo salgado em diversas ocasiões e é muito utilizada em farofas, arrozes, além de combinar muito bem com peixes.

 

AVELÃ

As avelãs também melhoram o colesterol bom no sangue e diminuem o ruim. Possuem gorduras monoinsaturadas essenciais para o organismo, mas que não devem ser consumidas em excesso, presentes também em alimentos como azeite de oliva, óleos de canola, girassol, soja e palma, no gergelim e no bacalhau). Seu creme é muito utilizado em receitas doces e na confeitaria, pois tem um aroma intenso e combina muito bem com o chocolate.

 

AMENDOIM

Uma das oleaginosas mais comuns e presentes no dia a dia do brasileiro, o amendoim é um tipo de castanha rico em vitaminas do complexo B e E e em fibras, ajudando a reduzir os níveis de açúcar no sangue. Pode ser aproveitado tanto como aperitivo para uma cervejinha quanto na forma de paçoca em receitas doces. Sua crocância e seu sabor característico fazem do amendoim um dos mais consumidos da categoria.

 

AMÊNDOA

As amêndoas são ótimas fontes de vitaminas B1 e E, além de terem função antioxidante e baixo teor glicêmico. São leves e possuem um sabor atenuado, por isso, são bastante utilizadas para massas doces e leves, além de em outros pratos mais sofisticados. 

 

PISTACHE

O pistache possui um sabor de muita personalidade e é um dos alimentos mais ricos em vitamina B6, que regula o açúcar no sangue, a formação de hemoglobina e o transporte de oxigênio entre as células. É também rico em potássio, bom para os ossos.

Seu sabor está mais presente em receitas doces, como sorvetes, brigadeiros e cremes sofisticados de confeitarias, mas também pode ser consumido como aperitivo salgado.

 

COMO COMBINAR CASTANHAS COM RECEITAS

Existem vários tipos de castanhas usadas como aperitivos, seja para assistir 

a um jogo de futebol ou acompanhar uma bebida gelada – e essas já vêm levemente salgadas, pois a sugestão é que sejam consumidas puras.

No entanto, as que são vendidas sem sal ou em estado natural podem ser usadas em qualquer variedade de prato – e é no Natal e nas festas de fim de ano que elas ganham ainda mais evidência!

Os arrozes de festa são um prato cheio para receber castanhas, pois, além da combinação de sabores, ganham mais crocância – fora que o tempo de cozimento rápido permite incorporar vários outros ingredientes.

Além disso, você pode experimentar adicionar castanhas em farofas, crostas de carne, peixes e aves, cozidos de panela, além, é claro, das receitas doces, como bolos, tortas, pudins, cookies ou biscoitos, pavês e sorvetes.

 

E então, ficou com água na boca? A ceia de fim de ano tem tudo a ver com castanhas e essa é a hora de garantir os itens de que você precisa para reunir a família em uma mesa completa de Natal ou Ano-Novo!

Aproveite as ofertas diárias do Assaí mais perto de você e ainda participe da promoção Natal Assaí para concorrer na hora, direto no caixa, a um Kit Boas Festas, com ave natalina e pernil.

 

Seu fim de ano merece ser especial. Venha fazer as suas compras e deixe o seu fim de ano ainda melhor com o Assaí! Acesse o site e saiba mais: www.assai.com.br/natal-assai.

Você também pode
gostar de:

6 sobremesas refrescantes de verão

Aprenda a fazer opções diferentes de sobremesas refrescantes para saborear e aliviar o calor

Os melhores alimentos para a saúde da pele

Conheça os benefícios de alguns alimentos que ajudam na saúde da pele e do corpo

Dicas para controlar as despesas no começo de ano

É importante prever alguns gastos no começo de ano e controlar o orçamento já nos primeiros meses