Compartilhe

Saiba as diferenças entre light e diet

Os rótulos dos alimentos trazem informações importantes para quem vai consumi-los. Ler e compreender essas informações são atitudes essenciais para uma escolha mais adequada e saudável.

Na hora da compra, muitos consumidores se confundem e não sabem diferenciar os produtos light e diet. Muitos pensam que o alimento diet não tem açúcar e que o light não tem gordura, o que, de acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), não necessariamente é verdade.

Segundo a Anvisa, os termos diet e light podem, opcionalmente, serem utilizados nas embalagens de alimentos. No entanto, os critérios e as condições para o uso dessas duas expressões são diferentes. Enquanto o termo light é usado para indicar uma informação nutricional complementar de um produto de consumo geral da população, o termo diet é usado em alguns produtos para fins especiais, ou seja, para condições fisiológicas ou grupos populacionais específicos.

Diet

Os alimentos para fins especiais são aqueles especialmente formulados ou processados, nos quais se realizam modificações no conteúdo dos nutrientes com o objetivo de atender às necessidades nutricionais de pessoas em condições de saúde específicas, como diabéticos e hipertensos.

O termo diet somente pode ser utilizado em algumas categorias de alimentos para fins especiais: alimentos para dietas com restrição de nutrientes, alimentos para controle de peso e alimentos para ingestão controlada de açúcares.

Entretanto, a expressão diet nas embalagens dos alimentos não necessariamente significa que o produto não contém açúcar. Por isso, é importante ficar atento à tabela de informação nutricional.

Light

É uma informação nutricional complementar e seu uso pelos fabricantes é opcional. O termo light é sinônimo de “reduzido”. Assim, para ele ser usado no rótulo de algum alimento, sua composição deve ter uma quantidade reduzida de determinado nutriente.

A expressão light nas embalagens dos alimentos não necessariamente significa que o produto é reduzido em gordura.  Um alimento pode ser light em valor energético, açúcares, gorduras totais, gorduras saturadas, colesterol e sódio. Entre outros critérios, para um alimento ser considerado reduzido ou light em valor energético ou algum nutriente é necessária uma redução de, no mínimo, 25% no valor energético ou no conteúdo do nutriente anunciado em relação ao alimento convencional.

Você também pode
gostar de:

fundo vermelho com fita métrica relógio e prato de comida - receitas rápidas - Assaí Atacadista

4 receitas rápidas e saudáveis para comer no dia a dia

Economize tempo preparando estas receitas rápidas para comer!  

pessoas diversas conversando sobre gestão de restaurante com papeis na mesa - Assaí Atacadista

Gestão de restaurante: 8 mandamentos para o sucesso

Os conhecimentos básicos sobre gestão de restaurante estão aqui

Chá com Água Gelada: entre nessa tendência deliciosa com Leão!

Inove no consumo de bebidas, com o Chá com Água Gelada da Leão!  

Fornecedores do Assaí.

Empresas e indústrias de confiança com produtos de qualidade!