Compartilhe

A importância do controle de qualidade

Controle de qualidade: sua importância para um negócio sustentável

controle de qualidade

Os produtos que chegam para venda em mercearias e pequenos comércios passam pelo controle de qualidade da indústria produtora. Este setor é regulamentado por leis que procuram garantir que o alimento não possua contaminantes físicos, químicos ou biológicos. Apesar disso, vários relatos apontam falhas na produção e produtos inadequados que foram liberados para venda no mercado consumidor. Muito se fala de contaminantes biológicos, que englobam vírus, bactérias e outros parasitas. E, casos de contaminações químicas por produtos de higienização também chamaram a atenção nos últimos anos.

Atualmente, alguns padrões de qualidade são utilizados pelas indústrias para seguir as normas pertinentes ao seu ramo de atividade, pois o consumidor, cada vez mais exigente, busca produtos que atendam às suas expectativas. Quando os padrões de qualidade estão presentes nas diversas etapas do processo produtivo, maiores são os lucros para a empresa e maior será a confiabilidade perante o consumidor e o mercado.

A qualidade é percebida pelo consumidor por conta de características visuais, de sabor, odor e composição nutricional. Para a indústria, diz respeito a características nutricionais, peso adequado e segurança quanto a contaminantes físicos, químicos e biológicos.

O controle de qualidade dos alimentos refere-se também a toda e qualquer ação que visa melhorar as boas práticas nos procedimentos de higiene e manipulação de alimentos para que eles fiquem livres de qualquer contaminação e sejam considerados “alimentos seguros”, que não causem perigo à saúde de quem os consumir.

Para que o alimento seja seguro, é importante fiscalizar sua qualidade em todas as etapas de produção, desde o abate ou a colheita, passando pelo transporte, recebimento, armazenamento, processamento até a distribuição final ao consumidor. Ou seja, parte da responsabilidade é também dos distribuidores e grandes e pequenos varejistas que levam esses produtos aos consumidores.

Controle de qualidade e legislação

Existem legislações que regulamentam os padrões higiênico-sanitários que devem ser seguidos por todos os estabelecimentos que manipulam, transportam, fracionam ou distribuem alimentos. Entre esses estabelecimentos, enquadram-se padarias, lanchonetes, bares, restaurantes, pizzarias, churrascarias, buffets, supermercados, etc. Para a implantação do controle de qualidade, é fundamental que o proprietário procure um profissional especializado na área.

Outro ponto importante é que o controle de qualidade pode também diminuir o desperdício de alimentos, melhorar a produção e a qualidade dos produtos e aumentar a lucratividade do comércio, tendo em vista que os consumidores estão cada vez mais preocupados com a saúde e a qualidade da alimentação e dos estabelecimentos.

Quer saber mais? Na Academia Assaí Bons Negócios, você encontra esse conteúdo aplicado a cada um dos tipos de microempreendimentos. Acesse: www.academiaassai.com.br.

Você também pode
gostar de:

mesa com pequenos potes de molhos para batata frita - Assaí Atacadista

Molhos para batata frita: aprenda receitas de lamber os dedos!

Saboreie novos molhos para batata frita e deixe a hora do lanche ainda mais gostosa!  

lupa com hamburguer com um mapa mundial no fundo - hamburgueres exóticos - Assaí Atacadista

Hambúrgueres exóticos - uma jornada gastronômica ao redor do mundo

Descubra quais são os hambúrgueres exóticos ao redor do mundo!

fundo vermelho com fita métrica relógio e prato de comida - receitas rápidas - Assaí Atacadista

4 receitas rápidas e saudáveis para comer no dia a dia

Economize tempo preparando estas receitas rápidas para comer!  

Fornecedores do Assaí.

Empresas e indústrias de confiança com produtos de qualidade!