Compartilhe

Feira de trocas solidárias

As feiras de trocas solidárias abrem espaço para que as pessoas tornem-se mais próximas, substituindo o lucro e a acumulação pela solidariedade, pela valorização do trabalho e também pela oportunidade de estimular a criatividade humana.

Quando realizadas em condomínios e clubes, elas possibilitam que os participantes conheçam o time prestador de serviços local e ainda repensem (como parcerias que dividem o mesmo espaço) estratégias para melhorias que, muitas vezes, não estão relacionadas a investimentos financeiros e, sim, a regras de boa vizinhança, como estratégias para o consumo consciente, economia de recursos como a água, dicas de segurança e incentivo a novas práticas e atividades (exercícios, mudanças na alimentação, empreendedorismo e desenvolvimento social).

Esse engajamento espalha novas ideias e desperta o interesse por políticas públicas, o que ajuda, não somente a administração do condomínio ou clube, mas também em todas as questões relacionadas à região ou ao bairro – por exemplo, como a mobilização por novos pontos de iluminação na vizinhança.

Como organizar uma feira de trocas solidárias? O passo a passo é bem simples. Confira algumas ideias:

  1. Reúna alguns participantes que possam levar bens ou serviços para trocar. Valem alimentos, livros, roupas, serviços de manicure, aulas de instrumentos, de dança ou de idiomas, por exemplo.
  2. Defina a data, a periodicidade e o local. Para esse último item, pense em um lugar protegido para que, em caso de chuva ou vento, as pessoas possam continuar a oferecer seus produtos e serviços de maneira confortável. Sugestões: salão de festas, sala de convenções, auditório.
  3. Crie uma moeda social, uma nota com nome e identidade visual próprios para permitir as trocas indiretas e, claro, sem valor fora da feira.
  4. Como numa quermesse, organize um “caixa” para dar suporte aos interessados em trocas indiretas e defina o valor equivalente aos produtos e serviços. Por exemplo: um livro vale de 10 a 30 moedas, já uma aula de francês equivale a 10 moedas, uma camisa nova, 15 moedas.
  5. Leve à feira materiais recicláveis para doar a entidades e cooperativas e ainda incentive a participação das outras pessoas por meio de palestras, oficinas e vídeos de projetos relacionados ao tema.

Você também pode
gostar de:

produtos tecnologicos diversos - tecnologia para economizar - Assaí Atacadista

Tecnologia para economizar: 6 aliados da rotina familiar

Saiba como usar a tecnologia para economizar tempo e dinheiro no dia a dia!  

grupo diverso de pessoas empreendedoras - dia do comerciante - networking para comerciantes - Assaí Atacadista

Networking para comerciantes: a amizade que faz o seu negócio crescer

Vamos te contar como fazer conexões com outros empreendedores e fortalecer o networking para comerciantes!  

homem idoso branco e mulher negra empreendedores em um comércio sustentável de rua - Assaí Atacadista

Guia básico para criar um comércio sustentável

Veja o passo a passo essencial para ter um comércio sustentável e contribuir para a preservação do meio ambiente!  

Fornecedores do Assaí

Empresas e indústrias de confiança com produtos de qualidade!