Conteúdo principal

mercado de alimentos

Compartilhe

Dicas de sucesso para mulheres empreendedoras

Como buscar fontes de inspiração e aperfeiçoamento para se tornar uma mulher empreendedora de sucesso

Não é de hoje que as mulheres demonstram crescimento no empreendedorismo e se consagram como parte significativa do número de empreendedores nacionais.

De acordo com a pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor 2020 (GEM), o Brasil é o sétimo país com o maior número de mulheres empreendedoras, que já somam mais da metade dos empreendedores nacionais – mais de 30 milhões em um universo de cerca de 52 milhões de profissionais.

Isso reflete o avanço ao longo dos anos pela busca de mais oportunidades de trabalho, a conquista por equidade de gênero e também a competência das mulheres nos cargos de liderança e gestão, além da capacidade de lidar com os desafios do empreendedorismo em suas diferentes áreas.

 

Depois dessa introdução mais ampla e necessária para entendermos o cenário como um todo, chegou a vez de falarmos com quem começou um pequeno negócio ou está na carreira empreendedora e pretende melhorar suas técnicas para alcançar novos objetivos!

A seguir, vamos dar dicas a mulheres que buscam conselhos de carreira e querem mudar sua postura para fazer o próprio negócio decolar, com mais preparo e um jeito prático de se capacitar. Acompanhe com a gente!

 

1 - FORTALEÇA SUA REDE DE CONTATOS

Se você quer que o seu negócio seja longevo e quer aprender cada vez mais sobre como funciona o seu universo, busque estar próxima de pessoas e instituições que possam lhe ajudar a dar um passo adiante na carreira ou ofereçam oportunidades de estudo e aprimoramento constante.

O conhecimento é uma ferramenta inesgotável, assim como a sua vontade de empreender! Por isso, frequente grupos de discussão, faça um curso sobre alguma especialidade ou busque notícias diariamente para se nutrir de muito, mas muito conhecimento!

 

2 - MOSTRE O SEU DIFERENCIAL

A busca por notoriedade de mulheres empreendedoras não é uma “guerra dos sexos” entre homens e mulheres, mas uma oportunidade de mostrar que você tem um diferencial e consegue conduzir o seu negócio como uma grande gestora.

Por isso, foque aquilo que pode fazer você se sobressair de fato e crie ideias diferentes para atrair os olhares para as suas vendas, sem se preocupar somente com o que o “vizinho” está fazendo, mas trazendo soluções inesperadas!

 

3 - BUSQUE O EQUILÍBRIO

Sabemos que, muitas vezes, é preciso conciliar o lado profissional e o pessoal, por isso, é muito importante estabelecer uma relação saudável entre o seu trabalho e os momentos de lazer, encontrando uma harmonia e deixando tudo o mais simples possível, a fim de não lhe sobrecarregar.

Intercale a produção ou o atendimento do seu comércio com conversas e momentos de atenção à família, fale sobre o seu dia a dia com amigos(as) ou com quem mora com você, e evite estar totalmente no controle de tudo. Não faça cargas horárias muito extensas também nem sacrifique o seu tempo livre para querer produzir mais. O segredo do sucesso é não ter pressa – tudo acontece como deve ser.

 

4 - FORTALEÇA SUA INTELIGÊNCIA EMOCIONAL

A inteligência emocional é o conjunto de ações que prepara você para tomadas de decisões corretas e para lidar da melhor forma com um problema ou um desafio.

Quem trabalha como empreendedora sabe de todas as preocupações e imprevistos que possam acontecer, por isso, é preciso estar com a cabeça no lugar antes de tomar qualquer atitude.

Respire, conte até 10, tome um ar e volte ao trabalho quando estiver confortável. Existem diversos especialistas no assunto que também podem ajudar a melhorar a inteligência emocional para buscar o melhor equilíbrio nos negócios!

 

5 - ESTUDE MAIS SOBRE GESTÃO

Ser mulher, empreendedora, cozinheira, mãe, entre outras funções, é um desafio constante! E, para quem tem um negócio próprio, muitas vezes, é preciso delegar tarefas ou contratar pessoas para ajudar no dia a dia à medida que as suas vendas crescem!

E é nesse ponto que começamos a falar mais sobre gestão. A gestão e a liderança são ferramentas capazes de alavancar não só a sua carreira como, também, a do seu empreendimento e a de quem trabalha com você.

Criar um ambiente de trabalho produtivo, organizado e saudável e alinhar expectativas são consequências, muitas vezes, de uma boa gestora.

A gestão também deixa você se sentir mais segura para traçar metas e objetivos com afinco em cumpri-las. Se você tiver a oportunidade, procure aprimorar esse seu lado e faça cursos de gestão e liderança para que você brilhe ainda mais à frente do seu comércio!

 

Gostou das dicas? Nosso desejo é que você mostre cada vez mais a sua força e se torne uma mulher empreendedora ainda mais completa, com os ensinamentos certos e dicas para melhorar o seu bem-estar nos negócios.

Por isso, fica aqui a nossa homenagem a todas as clientes do Assaí neste Dia Internacional da Mulher e a todos(as) os(as) que estão ao lado delas para que se tornem gigantes como elas merecem!

 

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Controle de perdas: evite prejuízos para o seu negócio

Controle os ganhos financeiros da sua empresa e evite prejuízos ou imprevistos com o controle de perdas!

Você se preocupa com os resultados financeiros da sua empresa? Imaginamos que a resposta seja “sim”! E, para evitar correr riscos no dia a dia e lucrar mais, é preciso saber melhor sobre o controle de perdas!

 

O QUE É CONTROLE DE PERDAS?

Também conhecido como “prevenção de perdas”, o controle de perdas é um conjunto de ações que visa minimizar os riscos e diminuir o impacto da perda financeira no seu negócio.

Ele pode ser trabalhado tanto em grandes empresas como em negócios autônomos, de menor escala, mas que precisam do mesmo cuidado e atenção na hora de gerenciar todos os processos.

Para quem vende alimentos, existem diversos cuidados específicos para reduzir as perdas e trazer mais ganhos nos resultados da empresa. E isso envolve desde um controle de estoque adequado até a higienização, o treinamento da equipe, o investimento em tecnologia, entre outros aspectos.

Hoje, vamos falar sobre os principais pontos de atenção para que você otimize os ganhos da sua empresa e aumente a lucratividade com um bom gerenciamento e sistema de controle de perdas. Veja só:

 

1 - GESTÃO DO ESTOQUE

O estoque é um dos principais fatores de risco de um negócio de alimentos. Isso porque quem trabalha com comida precisa fazer a manutenção diária de geladeiras, prateleiras, gôndolas, freezers, vitrines, balões e tudo o mais.

E com o estoque não é diferente! É preciso efetuar um controle minucioso das mercadorias, checar a validade dos produtos, armazená-los de forma correta, higienizar tudo sempre e conferir a lista de compras para que nada falte ou sobre.

É por isso que o controle de perdas é tão importante: se você não tiver gastos adicionais com problemas ou imprevistos, seu lucro é maior e você ganha não só em valores, mas em qualidade de trabalho e tempo para produzir/atender/vender mais!

 

2 - APRENDIZADO E TREINAMENTO

Sim, o aprendizado faz toda a diferença quando falamos em controle de perdas! Se você não souber que determinado produto precisa ficar na geladeira, por exemplo, e ele estraga, isso vai se tornar uma perda para o seu negócio, não é mesmo?

É por isso que é essencial estar sempre de olho nas novidades do mercado, orientar os funcionários e toda a equipe sobre qualquer mudança no dia a dia e colocar comunicados e avisos para que todos possam estar cientes e ter acesso à informação!

 

3 - CONSUMO CONSCIENTE

Você costuma separar o lixo, reaproveitar alimentos no dia a dia ou economizar na hora de produzir? Você deve estar se perguntando o que isso tem a ver com o controle de perdas, mas podemos explicar.

O consumo consciente também interfere na lucratividade da empresa, pois adquirir boas práticas de sustentabilidade (como economia de água, luz, reciclagem, etc.) ajuda a diminuir as perdas financeiras do seu comércio!

 

4 - INVISTA EM TECNOLOGIA

Algumas ferramentas podem se tornar obsoletas – e isso pode ser negativo para o desempenho do seu comércio. Trabalhar com um maquinário muito antigo ou não ter algum equipamento que facilite ou produza mais pode ser uma grande perda em termos de produtividade.

Portanto, é importante direcionar parte dos lucros para a compra de material mais moderno ou equipamentos de melhor qualidade. Isso ajuda a otimizar os processos e pode gerar um bem-estar maior para você ou para os seus colaboradores.

 

5 - CONTROLE E CHEQUE OS DADOS

Por último, mas não menos importante, é preciso ter controle. Controle no sentido mais literal, seja anotando tudo o que acontece no seu negócio em um caderninho especial ou colocando em planilhas para otimizar o processo.

Reserve sempre um tempo do dia para organizar a sua planilha de gastos, de estoque e de vendas e identifique os pontos de melhoria, a fim de evitar prejuízos ao longo do tempo.

Tenha sempre dados atualizados sobre o seu negócio e garanta uma reserva financeira para eventuais problemas. Agir com rapidez e precisão pode evitar prejuízos maiores e o seu negócio precisa dessa segurança extra para você poder deitar a cabeça no travesseiro e dormir com tranquilidade.

 

Tudo isso é para ressaltarmos a importância do controle de perdas em qualquer tipo de negócio, principalmente no de alimentos e de micro e pequenos empreendedores, que sentem ainda mais o impacto financeiro em suas empresas no dia a dia.

Se você gostou das dicas, fique de olho em nossas redes sociais para acompanhar todos os conteúdos e novidades referentes à Quinzena do Comerciante no Assaí Atacadista!

Estamos com uma programação especial para você, comerciante, ficar por dentro de tudo o que acontece em nossas lojas e poder economizar ainda mais nas suas compras. Muita facilidade e oportunidade para você levar o que precisa e dar um gás ao seu negócio.

Estamos juntos com você nessa empreitada, com a melhor economia, qualidade e variedade sempre. Vá até uma loja mais próxima de você e confira!

 

Você também pode
gostar de:

Subscrever RSS - mercado de alimentos