Compartilhe

Saiba como montar a própria microcervejaria

A cerveja sempre foi reconhecida como a bebida nacional, sendo o Brasil o maior consumidor mundial. Com o passar dos anos, o paladar do consumidor brasileiro tornou-se mais refinado e exigente, abrindo espaço para a expansão da produção artesanal. Esse mercado promissor tem um público, segundo dados da Associação Brasileira de Bebidas (Abrabe), em grande maioria masculino, na faixa etária dos 18 aos 65 anos, mas também feminino, entre 30 e 65 anos.

O primeiro passo para ingressar nesse negócio é saber a classificação de microcervejaria, que é a produção de até 200 mil litros por mês, seguindo a definição da Escola Superior de Cerveja e Malte. Um estudo organizado pelo Sebrae apresentou as oportunidades e características desse setor, abrangendo os cuidados que envolvem todo o processo produtivo até a cerveja chegar às gôndolas para ser comercializada.

Além de ser um mercado rentável, outro aspecto que chama a atenção de quem deseja empreender na área é o fato de a categoria entrar no Simples Nacional a partir do próximo ano. Com isso, haverá uma melhora no tratamento tributário em benefício aos negócios, por se enquadrarem como uma pequena empresa.

E, para investir nesta oportunidade, confira algumas dicas:

  1. A seleção de ingredientes nesse ramo é fundamental para se diferenciar frente à concorrência. Há elementos obrigatórios para a formulação da bebida, mas existe uma infinidade de opções para tornar o produto atrativo e realçar questões fundamentais da experiência do consumidor, como sabor, aroma e consistência.
  2. Os investidores nesse segmento buscam o diferencial em produtos regionais que ajudam a fortalecer a região em que estão instalados.
  3. Na questão de embalagens, a prioridade é a utilização de garrafas de vidro, especialmente as de cor escura.
  4. O transporte da cerveja requer alguns cuidados, bem como o armazenamento e distribuição, principalmente se for enviada para uma cidade diferente da que foi produzida. Isso para evitar qualquer dano à qualidade do produto final.
  5. Marketing é fundamental! Por isso, um aspecto importante é o investimento na elaboração de um design criativo e “vendedor” para os rótulos. Afinal, eles são o primeiro passo da interação com o consumidor.
  6. Para posicionar a marca, não deixe de participar de eventos relacionados ao mercado microcervejeiro.

Para informações mais detalhadas sobre o processo de abertura do empreendimento, como investimento, legislação e mercado, acesse o site do Sebrae clicando aqui.

Você também pode
gostar de:

jovem brasileira com notas de dinheiro na mão - decisões financeiras - Assaí Atacadista

Faça seu dinheiro render praticando estas decisões financeiras

Entenda como tomar decisões financeiras inteligentes e economize mais em casa e no seu negócio!  

Receitas mineiras para sua mesa: conheça o requeijão cremoso Hebrom

Sabor suave e inconfundível para levar versatilidade para sua cozinha  

produtos tecnologicos diversos - tecnologia para economizar - Assaí Atacadista

Tecnologia para economizar: 6 aliados da rotina familiar

Saiba como usar a tecnologia para economizar tempo e dinheiro no dia a dia!  

Fornecedores do Assaí

Empresas e indústrias de confiança com produtos de qualidade!