Conteúdo principal
Compartilhe

Realidade Virtual ganha espaço no mercado de vendas

Assim como a Realidade Aumentada, a tecnologia de Realidade Virtual estimula o consumo por experiência

 A Realidade Virtual já é uma tecnologia bastante conhecida nos jogos e ganha espaço em outras áreas do mercado. A ferramenta chega para agregar ao consumo por experiência e estimular as vendas.

O conceito de Realidade Virtual é expor novas realidades ao expectador sem que ele saia do lugar e criar experiências de forma mais dinâmica e interativa. Com o uso de equipamentos específicos, a tecnologia engana os sentidos do usuário por meio de um ambiente virtual, criado a partir de um sistema de computador.

Em São Paulo, empresas estão se especializando nesse nicho e pelo menos cerca de 50 imobiliárias já contam com essa tecnologia. Lá, a Realidade Virtual vem com o objetivo de estimular a locação e as vendas de imóveis por meio de experiências em 3D. Uma forma de triagem antes da visita final ao local.

São utilizados óculos 3D para Realidade Virtual, que revelam o ambiente de forma interativa e cheia de detalhes. O equipamento custa em média R$ 110 no mercado e minimizou os custos operacionais de inúmeras visitas.

De casa para o mundo!

E essa experiência pode ser utilizada em vários setores. O portal de conteúdos e serviços de internet UOL, no último mês, disponibilizou um aplicativo de Realidade Virtual com vídeos em 360º.

O usuário viaja pelo mundo e experimenta diversas sensações sem sair de casa. Tudo isso com os óculos de Realidade Virtual e cardboards - para smartphones com recurso giroscópio ou com navegação manual ao tocar na tela do aparelho.

Os vídeos em 360º, com qualidade HD, estão disponíveis gratuitamente nos formatos download e streaming. Você pode embarcar na próxima viagem apenas com alguns toques no celular. Para baixar o aplicativo, basta fazer o download do UOL VR na App Store (usuários da Apple, com modelo de iPhone a partir de iOS 9) ou na Play Store (usuários de aparelhos com versão a partir de Android 5).

Realidade Virtual ou Aumentada?

Você pode achar que o conceito pode ser o mesmo, mas são duas propostas distintas. A Realidade Virtual traz a vivência completa e interativa. Já a Realidade Aumentada possibilita o dinamismo dos hologramas não como uma realidade, mas, sim, como uma experiência de sensação. Com dois caminhos similares, as duas tecnologias ganham espaço nos negócios. Assim como a Realidade Virtual, a Aumentada já está presente em estratégias de negócios de algumas empresas.

Pode ser um diferencial!

De um lado ou do outro, os próximos passos estão interligados ao mundo virtual. Aos poucos, a tecnologia vai se tornando um diferencial para se destacar no mercado e vender mais. Seja para interagir com um produto ou disponibilizá-lo em formato 3D, as ferramentas possibilitam uma nova experiência aos consumidores.

Curtiu o novo conteúdo do Blog Assaí Bons Negócios? Então compartilhe o texto com seus amigos e familiares. Acompanhe todas as novidades do mercado nas nossas redes sociais: Facebook | TwitterInstagram. Estar com você em todos os momentos. Esse é o nosso negócio.

Você também pode
gostar de:

Dicas para controlar as despesas no começo de ano

É importante prever alguns gastos no começo de ano e controlar o orçamento já nos primeiros meses

Como manter as crianças com atividades de férias em casa

Veja como entreter os pequenos para aproveitar ainda mais as férias em casa

Como melhorar a prática de exercícios no dia a dia

Mesmo em casa ou na ida para o trabalho, é possível aumentar a prática de exercícios