Conteúdo principal
Compartilhe

Delivery de comida: quais são as vantagens?

Saiba a importância de vincular o seu estabelecimento a aplicativos de delivery de comida

De uns tempos para cá, a praticidade e os avanços tecnológicos mudaram os comportamentos do mercado de alimentação. Entre as várias atualizações de processos, o ato de fazer pedidos online em aplicativos de delivery de comida ganha espaço.

Segundo dados da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), essa mudança vem recebendo estímulo. Nos últimos anos, os números registraram pontos positivos para os estabelecimentos conveniados.

A cada ano, é registrado um crescimento superior a 12%, o que resulta em um faturamento de R$ 1 bilhão a mais anualmente. Em 2015, foram arrecadados R$ 9 bilhões e, neste ano, a expectativa é fechar acima dos R$ 10 bilhões.

O boom dos deliverys de comida online

Um marco significativo para esse cenário foi o sucesso do iFood, em 2011. Presente em 15 estados brasileiros e em cidades argentinas, colombianas e mexicanas, o aplicativo é referência quando o assunto é delivery de comida.

Um levantamento feito pelo Broadcast, a partir de uma pesquisa realizada pelo iFood, em parceria com o Ibope e a plataforma Conectarí, registrou mais de dois milhões de pedidos efetuados todos os meses pelo aplicativo no Brasil.

O sucesso no mercado de aplicativos de entregas é tão grande que grandes empresas vêm investindo no setor. Um exemplo é o Uber Eats, uma ferramenta derivada do projeto de transportes individuais já conceituado em quase todo o mundo. Por meio de pesquisa e comportamento dos usuários, a Uber identificou um cenário propício para poder incluir o delivery de comida no leque de serviços do seu modelo de negócio.

E não é só comodidade!

Os aplicativos de delivery de comida vão além da praticidade de escolher os pratos e a entrega a domicílio. Um dos fatores que contribui para o sucesso é a funcionalidade.

Um dos potenciais do formato é a possibilidade, por meio de geolocalização, de procurar por restaurantes próximos, tipos de prato ou tempo de entrega. O que antes demoraria dias hoje é realizado em menos de dois minutos.

E o melhor de tudo: toda essa busca é resolvida com apenas alguns cliques no smartphone. São relacionados os estabelecimentos mais adequados aos interesses do usuário, que também pode cadastrar um cartão de crédito na plataforma e nem precisa mais se preocupar com o pagamento na hora da entrega.

Como ficam os donos de restaurantes, bares e lanchonetes?

Essa facilidade não é apenas para o consumidor. Os proprietários também saem ganhando com essa tecnologia. Os aplicativos de delivery de comida significam uma estratégia para se destacar no mercado. É uma forma de lucrar mais, pois não precisam investir de imediato na criação do próprio aplicativo de entrega nem na manutenção da tecnologia.

Além disso, a interface das plataformas com os proprietários é bem didática, na qual é possível analisar os dados de crescimento das vendas online dos produtos. A apresentação dos dados possibilita analisar a evolução das vendas, o número de pedidos e o aumento do ticket médio, o que facilita a verificação pelo proprietário da efetividade da vinculação ao app.

As taxas de serviços só acontecem quando há a efetivação da venda na plataforma. A cobrança varia entre 9% a 15% do valor total do pedido, de acordo com o aplicativo. Segundo uma pesquisa dos próprios aplicativos, a média de crescimento para os empreendedores conveniados são de pelo menos 30%. Além disso, permite que o restaurante ou lanchonete expande o território de atendimento.

Agora que você já sabe a importância de possuir um delivery de comida, que tal colocar a ideia em prática? Compartilhe a experiência com a gente e não se esqueça de dividir o conteúdo com seus amigos e familiares. Estar com você. Esse é o nosso negócio!

Você também pode
gostar de:

Dicas para controlar as despesas no começo de ano

É importante prever alguns gastos no começo de ano e controlar o orçamento já nos primeiros meses

Como manter as crianças com atividades de férias em casa

Veja como entreter os pequenos para aproveitar ainda mais as férias em casa

Como melhorar a prática de exercícios no dia a dia

Mesmo em casa ou na ida para o trabalho, é possível aumentar a prática de exercícios