Conteúdo principal

festa

Compartilhe

Aprenda a calcular a quantidade de bebidas e comidas por pessoa

Anote as nossas dicas e nunca mais erre na hora de planejar seus eventos!

Quem nunca organizou um evento e, na hora de planejar o cardápio e a quantidade bebidas e comidas por pessoa, ficou cheio de dúvidas? Afinal, qual é a quantidade ideal de insumos para garantir uma festa perfeita, de forma que não falte ou sobre muita comida e bebida? Para ajudar nessa missão, preparamos estas dicas para você!

Os cálculos foram feitos pensando em uma festa de cerca de quatro horas de duração. Os números não são exatos, afinal, cada um come e bebe em quantidades diferentes, certo? Ainda assim, essas informações podem te auxiliar a ter uma boa ideia sobre a média de consumo para o seu evento ser um sucesso.

Acompanhe, anote e... que tal começar a fazer a sua lista de convidados e organizar a próxima festa? O planejamento de bebidas e comidas por pessoa fica por sua conta!

QUANTIDADE IDEAL DE BEBIDAS E COMIDAS POR PESSOA

BEBIDA

  • Refrigerante, suco, chá, água aromatizada e água: 600 ml por pessoa.
  • Cerveja: 1 L por pessoa (cerca de 3 latas).
  • Whisky: 1 garrafa de 750 ml para cada 10 convidados.
  • Vodka: 1 garrafa de 750 ml para cada 3 convidados.
  • Coquetel de frutas com álcool: 1 L para 10 convidados.
  • Vinho tinto: 1 garrafa de 750 ml para 3 pessoas durante um almoço ou jantar.
  • Champanhe: 1 garrafa de 750 ml para 2 pessoas em uma festa em que será servido champanhe a todo momento ou 1 garrafa para 8 pessoas se for só para brindar.

Aprendendo a calcular a quantidade de bebidas e comidas por pessoa

COMIDA

  • Frios: 150 g, equivalente a 5 fatias de queijo ou de salame, acompanhados de pão (1 baguete serve 3 pessoas).
  • Patês e molhos: 50 g (1 colher de sopa cheia).
  • Salgadinhos: de 6 a 8.
  • Canapés: 4 ou 5.
  • Minissanduíches: 5 ou 6.
  • Sanduíche de metro: 1 metro de sanduíche serve 6 pessoas.
  • Salada verde: 50 g.
  • Churrasco: 300 g.
  • Batata: 120 g a 150 g (1 batata média).
  • Arroz (cru): 50 g (1 xícara de cafezinho).
  • Farofa: 50 g (1 xícara de cafezinho).
  • Carnes e peixes: 200 g (um bife grande).
  • Camarão: 70 g.
  • Massas: 200 g (2 xícaras) de massa + 200 ml de molho (3/4 de xícara de chá).
  • Docinhos: 5 ou 6.
  • Salada de frutas: 100 g (1/2 xícara de chá).
  • Bolo: fôrma de diâmetro de 20 cm serve 20 fatias. Fôrma de 25 cm serve 35 fatias. Fôrma de 30 cm serve 50 fatias.
  • Sorvete: 2 bolas por pessoa (1 L serve 10 pessoas).

Massa é sempre uma boa opção para quem quer economizar!

DICAS EXTRAS

  1. Sustentabilidade: para incentivar a sustentabilidade, que tal evitar a utilização de copos plásticos? Peça para que os convidados levem os seus próprios copos ou, então, forneça um personalizado da sua festa. Com essa última opção, eles ainda poderão levar os copos para casa, como uma forma de recordação, e você evita a geração demasiada de lixo.
  2. Orçamento: caso sua intenção seja fazer um evento com um orçamento mais controlado, servir massas para os convidados é sempre uma boa pedida. O espaguete, por exemplo, rende bastante e você pode fazer molhos diferenciados para todos os gostos!
  3. Gelo: lembre-se de ter bastante gelo! Ele é importante para manter as bebidas na temperatura ideal e garantir que os drinques fiquem gostosos.

Gostou das nossas dicas para acertar em cheio na quantidade de bebidas e comidas por pessoa? Então fique sempre de olho no Blog Assaí para estar por dentro das melhores dicas e novidades para o seu dia a dia!

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Prepare-se para a folia

De norte a sul, há destinos incríveis para curtir o Carnaval no Brasil. Confira algumas das melhores festas!

Quando chega Carnaval, o mundo inteiro quer estar no Brasil e aproveitar a folia. Até nos vilarejos mais isolados e acanhados, os blocos vão para a rua e o povo cai na festa. Imagine, então, nos lugares que podem ser considerados verdadeiros templos do Rei Momo. Quem é apaixonado pelo Carnaval está sempre em busca de novas experiências nessa época do ano. Por isso, reunimos cinco dos melhores destinos para se aproveitar ao máximo a folia. Só não pode faltar animação!

A FOLIA AO REDOR DO PAÍS!

ESPETÁCULO NO RIO

Não é à toa que o Carnaval do Rio de Janeiro é conhecido como o “maior show da Terra”. A magnitude dos desfiles no Sambódromo e dos blocos fazem a Cidade Maravilhosa ser o destino mais procurado no mês de fevereiro. “O Carnaval do Rio representa uma das maiores festas populares do mundo”, afirma a jornalista e influenciadora Claudia Liechavicius, autora do livro “Quer Viajar?” e do blog “Viajar pelo Mundo”. Para ela, assistir aos desfiles das escolas de samba no Sambódromo e participar dos blocos de rua são experiências inesquecíveis.

Entre os principais blocos, estão o Cordão da Bola Preta, a Orquestra Voadora, a Banda de Ipanema, o Bloco da Preta e o Bloco das Poderosas.

TERRA DO FREVO

Separadas apenas pelo rio Beberibe, Recife e Olinda fazem parte do mesmo aglomerado urbano e utilizam o mesmo aeroporto – o dos Guararapes –, na região metropolitana. O folião que desembarca por lá durante o Carnaval pode aproveitar as atrações de ambas as cidades. No Recife, a festa começa com o famoso Galo da Madrugada, passando pelas ruas do centro no sábado de Carnaval. Nas ladeiras de Olinda, a folia é inaugurada pelo bloco das Virgens do Bairro Novo e o tradicional desfile dos bonecos gigantes, sempre ao som de muito frevo e maracatu.

SAMBA EM SAMPA

Por muito tempo, tudo o que o paulistano mais queria durante o Carnaval era fugir de São Paulo. Mas isso tem mudado graças ao crescente número de blocos de rua por toda a cidade. Tem para todos os gostos: desde os mais familiares e voltados para crianças até aqueles que viram a noite, especialmente na badalada Vila Madalena, na Zona Oeste. Outro bom motivo para ficar em São Paulo durante o Carnaval é o desfile das escolas de samba, que não se restringe aos espetáculos no Sambódromo: ensaios técnicos e eventos nas quadras das agremiações também estão de portas abertas para o turista – um bom exemplo é a tradicional Vai-Vai, que faz seus ensaios nas ruas do bairro do Bixiga, na região central.

Folia: carnaval em São Paulo

SALVE, SALVADOR!

A capital da Bahia também é sinônimo de Carnaval e conta com algumas das festas mais disputadas do país. Em Salvador, tudo gira em torno dos trios elétricos, palcos adaptados em caminhões e criados na década de 1950 pela dupla Dodô e Osmar. Os músicos, que revolucionaram o Carnaval baiano, agora batizam os circuitos percorridos pelos trios elétricos. O Circuito Dodô vai pela orla, do Farol da Barra até a praia de Ondina. Já o Circuito Osmar é feito dentro da cidade. Há ainda o Circuito Batatinha, passando pelo famoso bairro histórico do Pelourinho, sem falar nos outros blocos, como o Ilê Aiyê, o Olodum e o Timbalada.

CARNAVAL DA MAGIA

Conhecida como Ilha da Magia, Florianópolis conta com um dos Carnavais mais badalados do sul do Brasil. Durante o calorão de fevereiro, suas praias ficam lotadas e os turistas aproveitam para conhecer um pouco mais da cultura açoriana em blocos tradicionais nas freguesias do Ribeirão da Ilha e de Santo Antônio de Lisboa. O centro da cidade fica tomado por blocos de rua – os mais famosos são o Berbigão do Boca, que abre o Carnaval, e o Bloco dos Sujos, que reúne milhares de foliões vestidos de mulher. Os desfiles das escolas de samba ocorrem na Passarela Nego Quirido e os desfiles das agremiações são abertos ao público na lendária Praça XV de Novembro.

Gostou de saber um pouco mais sobre a folia ao redor do país? Então acompanhe outras matérias nas edições da Revista Assaí Bons Negócios e fique sempre de olho no nosso blog para estar por dentro das melhores dicas e novidades para o seu dia a dia!

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

4 dicas para comemorar um Carnaval sustentável

É possível curtir a folia, divertir-se muito e, ao mesmo tempo, cuidar do meio ambiente. Confira as nossas dicas e faça a sua parte para garantir um Carnaval sustentável!

Não existe feriado ou festa que seja mais a cara do Brasil do que o Carnaval, não é mesmo? A animação, o samba, as fantasias, os desfiles e os bloquinhos fazem parte da nossa cultura e sempre animam os inícios dos nossos anos. Porém, apesar de toda essa celebração, as festas também trazem consigo um grande alerta: a grande quantidade de lixo que elas podem gerar.

Segundo dados divulgados pelo G1, durante o pré-carnaval (23 e 24 de fevereiro) e o Carnaval (de 2 a 5 de março) de 2019, a cidade de São Paulo produziu 649 toneladas de lixo. Chocante, não é mesmo? E isso que estamos apenas levando em consideração uma cidade. Esses números são ainda mais alarmantes quando os estendemos para o Rio de Janeiro, Salvador e demais cidades conhecidas por serem as grandes “sedes” das festas.

Para você que quer aproveitar um Carnaval sustentável, cuidando do meio ambiente, separamos algumas dicas para a festa que está se aproximando. Confira e aproveite para compartilhar com seus(uas) amigos(as) que vão curtir a folia com você!

4 DICAS PARA UM CARNAVAL SUSTENTÁVEL

1. ESCOLHA BEM A SUA FANTASIA

Que tal criar a sua própria fantasia utilizando acessórios e peças de roupa que você já tem em casa? Ou, quem sabe, pegar emprestado de algum(a) amigo(a)? Tudo bem, sabemos que é natural a vontade de adquirir novos itens para garantir uma fantasia única. Então, se for esse o seu caso, busque acessórios e roupas que você também poderá utilizar durante o ano, evitando comprar itens “descartáveis” e que virarão lixo após a festa.

2. PRESTE ATENÇÃO NA SUA MAQUIAGEM

Além da fantasia, a maquiagem também faz parte da comemoração do Carnaval, não é mesmo? Então fique atento: o glitter tradicional é feito de plástico, o maior poluente do oceano. O glitter é classificado como um “microplástico” e, além de poluir o oceano, ele também possui outros químicos em sua composição e pode facilmente ser ingerido pelos animais, prejudicando-os. 

Por isso, uma dica que nós damos é investir nos “bioglitters”. Eles são semelhantes ao glitter tradicional, porém, são feitos com materiais que não agridem a natureza nem a pele. Inclusive, você pode até criar o seu biogliter! Basta fazer uma mistura com gelatina incolor, pó de mica e corante natural.

Bioglitter

3. EVITE A GERAÇÃO DE LIXO DESNECESSÁRIA

“Adote” um copo reutilizável e use-o durante toda a folia. Aproveite para amarrar uma cordinha em volta dele e pendurá-lo no pescoço. Assim, você não o perderá e, ainda, poderá dançar à vontade. Pense na quantidade de copos plásticos que serão “poupados” se cada um adotar essa prática! Além do copo reutilizável, evite o uso de canudinhos plásticos e demais embalagens que possam virar lixo em poucos minutos.

4. NÃO JOGUE LIXO NO CHÃO!

Por último, mas não menos importante, lembre-se que lugar de lixo é no lixo! Faça a sua parte e garanta que quem esteja contigo também siga essas atitudes. Se cada um fizer a sua parte, teremos todos um Carnaval mais limpo, consciente e seguro. 

E então, gostou das nossas dicas para aproveitar uma folia mais sustentável? Fique sempre de olho no Blog Assaí para estar por dentro das melhores dicas, receitas e novidades para a sua rotina!

Você também pode
gostar de:

Subscrever RSS - festa