Conteúdo principal

dicas para cozinhar

Compartilhe

Como converter medidas na hora de preparar uma receita

Algumas listas de ingredientes misturam as medidas em xícaras, colheres e mililitros, por isso, é importante saber como igualar esses valores para não errar a receita

De uma boa receita, a gente não abre mão! Cozinhar é uma das atividades mais prazerosas e comuns no dia a dia, não é mesmo? E existem infinitas combinações e pratos para se aprender.

Por isso, para agilizar o processo e aumentar as chances de acerto, há sempre uma lista de ingredientes com medidas e tudo o que é necessário para fazer uma receita completa.

No entanto, às vezes, acontece uma mistura entre ingredientes secos e molhados, com medidas diferentes e dosagens que podem confundir. Por isso, vamos falar de como converter colheres em xícaras, por exemplo, para mostrar que existe uma maneira simples de equivaler essas quantidades!

MASSA x CAPACIDADE

Sabemos que cada alimento possui suas características e sua densidade, ou seja, um peso “x” em relação ao seu tamanho ou sua composição. Por isso, existem dois tipos principais de medidas usadas na gastronomia, que diferem entre massa e capacidade:

Massa: indica a quantidade de matéria e as unidades de medida mais utilizadas são o quilo (kg), o grama (g) e o miligrama (mg).
Capacidade: indica quanto espaço algo ocupa e as unidades de medida de capacidade mais utilizadas são em litros (l) e mililitros (ml).

Há uma tabelinha básica para converter mg em ml:

1 grama = 1 mililitro
1 miligrama = 0,001 mililitro 
1.000 gramas ou 1 quilo = 1 litro ou 1.000 mililitros

Assaí Atacadista - Como converter medidas na hora de preparar uma receita

Na cozinha profissional e na rotina de quem trabalha com alimentos, a medida mais usada é a massa, mas, ainda assim, é comum utilizarem medições em xícaras, frações de xícaras (½ e ¼), colheres de sopa e colheres de chá.

Para a indicação em xícaras, existem variações, mas podemos considerar os valores médios de ingredientes secos como:

1 xícara = 120 g
½ xícara = 60 g
⅓ de xícara = 40 g
¼ de xícara = 30 g
1 colher de sopa = 15 g
1 colher de chá = 5 g

Para ingredientes líquidos, podemos considerar os seguintes valores:

1 xícara = 240 ml
½ xícara = 120 ml
⅓ de xícara = 80 ml
¼ de xícara = 60 ml
1 colher de sopa = 15 ml
1 colher de chá = 5 ml

Como já dissemos, existem diferenças na densidade de ingredientes e as medidas podem funcionar de forma diferente para diversos alimentos ou receitas. A manteiga, o açúcar e o chocolate em pó, por exemplo, podem ser convertidos como:

Manteiga (ou margarina)
1 xícara = 200 g
½ xícara = 100 g
⅓ de xícara = 65 g
¼ de xícara = 50 g
1 colher de sopa = 15 g

Açúcar
1 xícara = 180 g
½ xícara = 90 g
⅓ de xícara = 60 g
¼ de xícara = 45 g
1 colher de sopa = 12 g

Chocolate em pó (cacau em pó)
1 xícara = 90 g
½ xícara = 45 g
⅓ de xícara = 30 g
¼ de xícara = 20 g
1 colher de sopa = 6 g

UTENSÍLIOS DE MEDIDA PODEM AJUDAR!

Mas e se aparecer algum ingrediente diferente na sua receita que não citamos aqui? Calma! Considerando a diferença entre sólidos e líquidos, você pode contar com a ajuda de um copo medidor para controlar a quantidade certa! 

Assaí Atacadista - Como converter medidas na hora de preparar uma receita

Existem diversos modelos à venda, de plástico, vidro e metal – e a maioria deles conta com a separação em ml, mg, xícaras e litros. Assim, é só considerar o tipo de alimento e se ele é líquido ou sólido/seco.

Além disso, também temos balanças de cozinha ou balanças digitais que calculam o peso e a quantidade em xícaras e até sites com medidores online para você fazer a conversão como quiser.

O importante é entender o básico para conseguir distinguir cada ingrediente e medir de forma correta para caprichar na sua receita e fazer doces, salgados e iguarias deliciosas!

Curtiu as dicas? Sempre que precisar, é só conferir o Blog Assaí para acompanhar diversos conteúdos incríveis que prometem facilitar o seu dia a dia e dar o apoio de que você precisa, seja com informações para a sua casa ou para o seu negócio!

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Dicas de cozinha para quem mora sozinho

Se você é solteiro(a) ou precisa cozinhar somente para você, vamos dar dicas de cozinha valiosas para se alimentar com qualidade, rapidez e muito sabor!

Solteiro(a) ou não, tem quem precise cozinhar para si mesmo(a) em casa. Pensando em você, separamos algumas dicas de cozinha para facilitar o preparo de receitas no seu dia a dia, dando mais ânimo na hora de pôr a mão na massa!

Além de “dar trabalho”, cozinhar requer paciência e capricho para que tudo saia bem e fique saboroso, sem pôr em risco a sua saúde e o local onde você mora. Muitas vezes, bate aquela preguiça de ir para a cozinha e o delivery é a única salvação, não é mesmo?

Mas estamos aqui para desmistificar esse assunto e mostrar as vantagens de cozinhar para si mesmo (a) em casa, principalmente neste período de isolamento social, em que muitas pessoas retomaram velhos hábitos, buscaram aprender mais e reacenderam aquela vontade de cozinhar.

Essa pode ser uma tarefa descomplicada para que você não fique em apuros ou desista de se alimentar com qualidade, começando desde a seleção de ingredientes até a forma de prepará-los.

 

PRIMEIRO, OS ALIMENTOS

Vale a pena falar da importância de escolher o que você come, por isso, selecione os alimentos de que você gosta, mas também priorize os que tenham propriedades nutritivas ou sejam fáceis de preparar para facilitar a sua jornada sozinho(a) na cozinha.

Deixe para os dias de semana as opções mais leves e guarde para o final de semana algo mais pesado ou o momento de “extrapolar”. Ingredientes como carnes, legumes, ervas, ovos e manteiga não podem faltar. Esses são, geralmente, a base das principais receitas que conhecemos.

 

CONTROLE A DESPENSA

Aqui entram as compras do mês ou da semana, com um planejamento rápido pensando no que você mais precisa ou deseja consumir. Lembre-se de não comprar nada em excesso, pois quem mora só sabe que é muito fácil estragar comida na geladeira, não é verdade?

Se tem alguma receita especial que você queira experimentar, vá fundo: coloque os ingredientes na cestinha. Mas se não esqueça do básico, daquilo que é usado no dia a dia e dos insumos que você usa para preparar receitas com as quais já esteja acostumado.  

Calcule a quantidade certa de que você precisa e, semanalmente, faça um checkup rápido na geladeira e na despensa vendo se algo passou da validade ou acabou antes do que você imaginava. Esse é um hábito que pode ser mais difícil no começo, mas depois você pega o jeito e nem sente.

RECEITAS RÁPIDAS E FÁCEIS

Um omelete no café da manhã, um macarrão à bolonhesa no almoço e, no jantar, um estrogonofe de frango. Existem algumas receitas que exigem menos ingredientes e menor tempo de preparo para que você possa fazer sozinho(a) sem interromper muito a sua rotina.

Outras dicas são aquelas receitas que só precisam de uma panela para serem preparadas, evitando o excesso de louça na pia no seu pós-refeição. Você pode fazê-las em porções individuais para comer um prato sempre fresco e delicioso.

Algumas dessas receitas são: macarrão à putanesca, risoto de cogumelos, cuscuz, baião de dois, sopa de legumes, arroz com frango, macarrão ao alho e óleo e muitos outras.

 

UTENSÍLIOS INCRÍVEIS

Se você mora sozinho, vale a pena ter utensílios e aparelhos de cozinha que agilizem ainda mais o preparo das suas receitas. Em vez de fritar batatas em óleo quente e sujar panela e fogão, que tal fazê-las na fritadeira sem óleo?

Da mesma forma, utensílios como batedeiras, processadores, mixers, liquidificadores e até máquinas de pão e bolo são muito mais práticos. Atualmente, há muitos aparelhos que podem ajudá-lo(a) a deixar qualquer prato mais prático, com a mesma qualidade e o mesmo sabor.

 

REAPROVEITAMENTO

Às vezes, você quer tanto uma receita que acaba preparando um pouco a mais do que imaginava e essa sobra corre o risco de ficar na geladeira por muito, mas muito tempo.

E, para não correr esse risco e ainda aprender a reaproveitar o que você já preparou, vale a pena pesquisar alguma receita que possa ser complementada com essas sobras, como um arroz de forno, uma torta com recheio de frango e legumes, entre outras.

CONGELAR ALIMENTOS

Essa talvez seja a dica mais valiosa para quem mora só e quer se organizar para cozinhar no dia a dia sem ter dor de cabeça. O freezer será o seu melhor aliado no combate ao desperdício e à preguiça!

Se você não estiver muito a fim de cozinhar, retire do congelador alimentos pré-prontos que você tenha deixado ali durante a semana (como feijão cozido ou uma carne com batatas ao forno), pois já será meio caminho andado.

Você pode até montar o seu cardápio em cima disso e ainda deixar marmitas à sua espera no freezer, com tudo preparado, de forma que é só aquecer no micro-ondas ou no forno e aproveitar.

 

Tem solução para tudo! Por isso, acreditamos que, com essas dicas, você consiga se alimentar melhor, mesmo morando sozinho, e agilizar todo o processo na cozinha sem se estressar.

Retome o gosto por cozinhar e faça esse favor por você mesmo(a) no dia a dia! Gostou? Continue lendo o Blog Assaí para mais conteúdos exclusivos que têm tudo a ver com o seu dia a dia. Até mais!

 

Você também pode
gostar de:

Subscrever RSS - dicas para cozinhar