Conteúdo principal

como economizar

Compartilhe

Dicas para controlar as despesas no começo de ano

É importante prever alguns gastos no começo de ano e controlar o orçamento já nos primeiros meses

Todo começo de ano é marcado por muitos planos, positividade e metas, seja em casa ou para quem tem um comércio de alimentos. No entanto, também é comum surgirem as primeiras despesas – e isso exige um bom planejamento financeiro.

É nessa época que são cobrados alguns impostos e taxas recorrentes, parcelamento de dívidas e até mesmo alguns gastos previstos para o início de ano, como material escolar das crianças.

Portanto, fica a dica para que você se atente a esses detalhes e já comece o ano preparado(a) para saldar o máximo de contas possível e não entrar no vermelho. Para ajudá-lo(a) a se organizar e controlar tais despesas, separamos algumas orientações importantes com exclusividade aqui no Blog Assaí! Fique com a gente e veja a seguir:

 

1 - Reserve dinheiro para taxas como IPTU e IPVA

Quem tem despesas com imóveis e carros, por exemplo, sabe que as taxas de IPVA e IPTU são cobradas já no primeiro mês. Por isso, é essencial fazer a reserva desse montante para não ter problemas com o pagamento desses impostos. 

Outro fator importante é a declaração anual do imposto de renda, exigida para trabalhadores de diversos setores que precisam comprovar os gastos. Depois que você declara, o documento exibe o saldo do seu IRPF e, em alguns casos, é preciso pagar a multa do contrato. Portanto, já fique de olho se você precisará separar um dinheiro a mais para isso.

 

2 - Guarde parte do 13º para solução de dívidas

Calma, sabemos que são muitas taxas no começo de ano, mas, para quem tem um 13º salário, essa pode ser uma boa saída! Apesar das festas de fim de ano, é importante economizar o máximo possível e tentar juntar tudo o que você puder para o ano seguinte, já prevendo as despesas de começo de ano.

Muitas pessoas também reservam o 13º salário para comprar algo de que precisam muito e economizam o ano inteiro para pagar à vista. Essa é uma ótima sacada e pode evitar que você faça dívidas desnecessárias ou imprevistas. 

 

3 - Não parcele toda a viagem

Já que o assunto é pagamento à vista, outra dica é tentar parcelar o menos possível as viagens. Além dos gastos com passagem e deslocamento, sabemos que existem outras contas no caminho, como hospedagem, alimentação e lazer. 

Tente parcelar apenas os valores fixos e os gastos previstos (como passagens aéreas, combustível e estadia) e reserve um dinheiro limite (máximo) para gastar com alimentação e lazer. Assim, você consegue economizar melhor e não fica com uma fatura gigante no cartão, evitando surpresas no final do mês.

 

4 - Controle os gastos com materiais escolares

Todo ano, as crianças voltam à escola com uma lista de materiais nova. Esse é um gasto que precisa estar na sua lista de despesas do novo ano, sem dúvidas, mas sabemos que nem tudo precisa ser reposto ou comprado. 

Tente reaproveitar materiais em bom estado dos anos anteriores, como malas, estojos, caixas de lápis de cor e, se for o caso, compre somente o necessário no primeiro mês e vá completando os pedidos aos poucos. Assim, você ganha tempo e consegue comprar materiais para todas as suas crianças ao mesmo tempo – se você tiver mais de um filho, por exemplo.

 

5 - Continue economizando nas contas

Algumas contas comuns, como água, luz, internet, aluguel, podem sofrer reajuste, por isso, é bom manter a economia diária e priorizar esses gastos sempre.

Se você trabalha com alimentos e faz compras periódicas para repor o estoque, fique de olho na validade dos produtos e também priorize a compra de ingredientes especiais para as suas receitas ou cardápio. 

Talvez seja a hora de experimentar alguma marca nova que estiver com um preço melhor ou parcelar as compras para conseguir mais prazo para pagar.
 

E, falando de economia no dia a dia, não deixe de aproveitar as ofertas do Assaí Atacadista todos os dias. Conte com nossa qualidade, variedade e preço baixo para abastecer a despensa e ajudar a economizar ainda mais com o que você precisa sem deixar de consumir os produtos de que você gosta.

A alimentação é prioridade – e o Assaí Atacadista deixa tudo melhor para o seu bolso.

Que tal essas dicas para começar o ano com todas as contas em dia e as despesas controladas para uma vida mais equilibrada? Siga-nos em nossas redes sociais para saber tudo em primeira mão e acompanhar nossas novidades!

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

Controle de perdas: evite prejuízos para o seu negócio

Controle os ganhos financeiros da sua empresa e evite prejuízos ou imprevistos com o controle de perdas!

Você se preocupa com os resultados financeiros da sua empresa? Imaginamos que a resposta seja “sim”! E, para evitar correr riscos no dia a dia e lucrar mais, é preciso saber melhor sobre o controle de perdas!

 

O QUE É CONTROLE DE PERDAS?

Também conhecido como “prevenção de perdas”, o controle de perdas é um conjunto de ações que visa minimizar os riscos e diminuir o impacto da perda financeira no seu negócio.

Ele pode ser trabalhado tanto em grandes empresas como em negócios autônomos, de menor escala, mas que precisam do mesmo cuidado e atenção na hora de gerenciar todos os processos.

Para quem vende alimentos, existem diversos cuidados específicos para reduzir as perdas e trazer mais ganhos nos resultados da empresa. E isso envolve desde um controle de estoque adequado até a higienização, o treinamento da equipe, o investimento em tecnologia, entre outros aspectos.

Hoje, vamos falar sobre os principais pontos de atenção para que você otimize os ganhos da sua empresa e aumente a lucratividade com um bom gerenciamento e sistema de controle de perdas. Veja só:

 

1 - GESTÃO DO ESTOQUE

O estoque é um dos principais fatores de risco de um negócio de alimentos. Isso porque quem trabalha com comida precisa fazer a manutenção diária de geladeiras, prateleiras, gôndolas, freezers, vitrines, balões e tudo o mais.

E com o estoque não é diferente! É preciso efetuar um controle minucioso das mercadorias, checar a validade dos produtos, armazená-los de forma correta, higienizar tudo sempre e conferir a lista de compras para que nada falte ou sobre.

É por isso que o controle de perdas é tão importante: se você não tiver gastos adicionais com problemas ou imprevistos, seu lucro é maior e você ganha não só em valores, mas em qualidade de trabalho e tempo para produzir/atender/vender mais!

 

2 - APRENDIZADO E TREINAMENTO

Sim, o aprendizado faz toda a diferença quando falamos em controle de perdas! Se você não souber que determinado produto precisa ficar na geladeira, por exemplo, e ele estraga, isso vai se tornar uma perda para o seu negócio, não é mesmo?

É por isso que é essencial estar sempre de olho nas novidades do mercado, orientar os funcionários e toda a equipe sobre qualquer mudança no dia a dia e colocar comunicados e avisos para que todos possam estar cientes e ter acesso à informação!

 

3 - CONSUMO CONSCIENTE

Você costuma separar o lixo, reaproveitar alimentos no dia a dia ou economizar na hora de produzir? Você deve estar se perguntando o que isso tem a ver com o controle de perdas, mas podemos explicar.

O consumo consciente também interfere na lucratividade da empresa, pois adquirir boas práticas de sustentabilidade (como economia de água, luz, reciclagem, etc.) ajuda a diminuir as perdas financeiras do seu comércio!

 

4 - INVISTA EM TECNOLOGIA

Algumas ferramentas podem se tornar obsoletas – e isso pode ser negativo para o desempenho do seu comércio. Trabalhar com um maquinário muito antigo ou não ter algum equipamento que facilite ou produza mais pode ser uma grande perda em termos de produtividade.

Portanto, é importante direcionar parte dos lucros para a compra de material mais moderno ou equipamentos de melhor qualidade. Isso ajuda a otimizar os processos e pode gerar um bem-estar maior para você ou para os seus colaboradores.

 

5 - CONTROLE E CHEQUE OS DADOS

Por último, mas não menos importante, é preciso ter controle. Controle no sentido mais literal, seja anotando tudo o que acontece no seu negócio em um caderninho especial ou colocando em planilhas para otimizar o processo.

Reserve sempre um tempo do dia para organizar a sua planilha de gastos, de estoque e de vendas e identifique os pontos de melhoria, a fim de evitar prejuízos ao longo do tempo.

Tenha sempre dados atualizados sobre o seu negócio e garanta uma reserva financeira para eventuais problemas. Agir com rapidez e precisão pode evitar prejuízos maiores e o seu negócio precisa dessa segurança extra para você poder deitar a cabeça no travesseiro e dormir com tranquilidade.

 

Tudo isso é para ressaltarmos a importância do controle de perdas em qualquer tipo de negócio, principalmente no de alimentos e de micro e pequenos empreendedores, que sentem ainda mais o impacto financeiro em suas empresas no dia a dia.

Se você gostou das dicas, fique de olho em nossas redes sociais para acompanhar todos os conteúdos e novidades referentes à Quinzena do Comerciante no Assaí Atacadista!

Estamos com uma programação especial para você, comerciante, ficar por dentro de tudo o que acontece em nossas lojas e poder economizar ainda mais nas suas compras. Muita facilidade e oportunidade para você levar o que precisa e dar um gás ao seu negócio.

Estamos juntos com você nessa empreitada, com a melhor economia, qualidade e variedade sempre. Vá até uma loja mais próxima de você e confira!

 

Você também pode
gostar de:

Compartilhe

COMO GASTAR POUCO E APROVEITAR O CARNAVAL

Confira dicas de como pular Carnaval do melhor jeito e gastar pouco

Pensando em pular Carnaval, mas quer gastar pouco? O Blog Assaí trouxe dicas de como economizar ao aproveitar a folia aí na sua região. Se liga só onde ter cuidado para não sair no prejuízo e ainda se divertir!

 

PARA QUEM FOR VIAJAR:

1 - DESTINOS ALTERNATIVOS

O Carnaval é uma temporada em que as pessoas aproveitam para viajar, principalmente para as grandes cidades e praias populares. A demanda cresce em determinados destinos, o que pode gerar preços altos.

Uma boa dica é escolher destinos de Carnaval mais alternativos para que você gaste menos dinheiro e descanse mais, por exemplo, em cidades como Curitiba, Campos do Jordão, Fortaleza ou Bonito.

 

2 - GRUPO DE AMIGOS E FAMILIARES

Alimentação, diárias de hotel, transporte e gasolina são despesas que nós temos quando viajamos. Elas podem parecer pequenas à primeira vista, mas, quando somadas, podem deixar uma simples viagem com um gasto alto para o nosso bolso.

Aproveite a animação do Carnaval para convidar os seus amigos e familiares para a viagem. Quanto mais pessoas decidirem ir com você, mais economia para o seu bolso. Dividindo a despesa com mais pessoas, é possível ter mais qualidade na viagem.

 

3 - PLANEJE COM ANTECEDÊNCIA

Estabeleça o lugar para onde você deseja viajar e confira quais são os restaurantes que os moradores locais frequentam, o meio de transporte mais acessível, etc. Definir os lugares que você pretende visitar possibilita que você leve o dinheiro necessário, não sendo pego desprevenido.

A falta de planejamento de viagem faz com que os gastos aumentem, por conta dos improvisos e das compras de última hora. O planejamento deve ser feito com a maior antecedência possível para que você organize as suas economias de acordo com a viagem.

 

4 - COMPARE PREÇOS

Evite comprar o que é necessário para o seu Carnaval em cima da hora. Se você quer economizar na sua viagem ou em casa, separe tudo o que for consumir com antecedência, sem se preocupar com filas ou preços altos.

Escolha o seu parceiro de ofertas para não sair no prejuízo! No Assaí Atacadista, tem tudo o que você precisa para poupar dinheiro e aproveitar o melhor da estação.

 

PARA QUEM FOR FICAR EM SUA CIDADE:

1 - PROGRAME AS ATIVIDADES

Se você pretende passar o Carnaval em casa, descansando ou fazendo atividades em família, é legal pensar na programação do feriado para aproveitar de forma completa.

Pense nas refeições e em quem convidar, nas brincadeiras com as crianças ou nos passeios pela cidade. Um churrasco para estreiar o Carnaval não é nada mal, hein?

 

2 - CONTROLE OS CUSTOS NO BLOQUINHO

O primeiro passo é planejar seu orçamento e estabelecer quanto você tem disponível para gastar em cada dia da festa. A partir desse valor, você poderá escolher melhor os dias e os lugares da cidade onde vai comemorar a folia. O orçamento é uma forma de gerenciar suas rendas e seus gastos, o que possibilita o controle de suas economias.

 

3 - FESTEJE EM CASA

Se você adora uma festa e não quer deixar o Carnaval passar em branco, que tal organizar uma festa em casa? Mais tranquila e só para os íntimos, dá para dançar e cantar as melhores marchinhas na companhia de amigos festeiros e fazer a sua própria folia.

Não se esqueça de programar tudo antes, comprar as comidas e bebidas, verificar o som e deixar tudo pronto para os dias de festa. Tem jeito melhor de comemorar estando em casa?

 

4 - OFICINA DE FANTASIAS

Hora de usar a criatividade e chamar a garotada para uma oficina divertida de fantasias! Customizem suas próprias roupas com temas diversos: pirata, palhaço, vampiro, baiana, arlequina, sereia, marinheiro ou qualquer outro que a sua imaginação permitir!

Se a oficina for para distrair as crianças, utilize materiais fáceis de colar e pintar, sem mexer com objetos cortantes ou que possam fazer muita bagunça. Depois que cada um tiver sua fantasia personalizada, é só se preparar para pular o Carnaval em grande estilo!

 

Com essas dicas, a folia tem tudo para ser inesquecível! Confira mais novidades e matérias imperdíveis no Blog Assaí.

Você também pode
gostar de:

Subscrever RSS - como economizar