Conteúdo principal

comércio no Brasil

Compartilhe

Navegue pela história do comércio no Brasil

Saiba como surgiu o modelo de comércio no Brasil como conhecemos hoje

Você sabe como surgiu o comércio no Brasil? Uma história que vem desde as navegações até chegar ao modelo de compra e venda que conhecemos.

Antigamente, a troca de produtos era o jeito mais comum de adquirir algo, sejam bens duráveis ou até mesmo alimentos no dia a dia. Um grande mercado de rua que atraía trocadores de todos os tipos.

Conforme o avanço social e tecnológico ao longo dos anos, estabeleceu-se um modelo de negócios um pouco mais elaborado para atribuir o valor adequado a cada produto.

A partir da idade moderna, em meados do século XVIII, o comércio se fortaleceu pelo mundo, envolvendo interesses políticos e comerciais. Assim, surgiu a ideia de criar uma moeda de troca para tornar a negociação mais justa.

A primeira delas foi o sal, alimento base para qualquer receita na cozinha quente. É por isso que usamos o termo salário no dia a dia, referente à moeda que ganhamos em troca do trabalho mensal.

Com o comércio a todo vapor, o Brasil começou a receber grandes navegações, vindas de países como Inglaterra, França e Portugal, que desembarcavam nos portos tanto para vender quanto para levar produtos, já que o nosso país é uma grande fonte de matéria-prima até os dias de hoje.

Aos poucos, o comércio foi crescendo e estabeleceu-se um sistema estruturado, o que foi essencial para aprimorar o uso do alfabeto e dos números, pois sua complexidade aumentava cada vez mais.

É por isso que, atualmente, precisamos comprar e vender para que o mercado ganhe giro e as mercadorias possam ser adquiridas por todos. Um modelo equilibrado que gera oportunidade a diversos empreendedores!

E você? Gosta de empreender ou possui negócio próprio? Então aproveite o nosso Festival do Comerciante durante todo o mês de julho no Assaí Atacadista com as melhores ofertas para a sua compra valer a pena!

Acompanhe sempre o Blog Assaí para muitas novidades, receitas, informações e curiosidades em primeira mão!

Você também pode
gostar de:

Subscrever RSS - comércio no Brasil