Compartilhe

Home-office: 3 desafios de se trabalhar remotamente

Saiba como enfrentar esses desafios diários nas atividades de home-office

O Brasil é o terceiro país onde mais cresce a tendência home-office no mundo. Segundo um levantamento da Robert Half, empresa de recrutamento especializado, houve um crescimento de 47% nos últimos três anos. Os primeiros lugares são ocupados pela China (54%) e Singapura (50%), primeiro e segundo lugar, respectivamente.

O home-office se revelou um formato rentável tanto para as empresas quanto para o profissional. Até 2020, segundo dados da projeção realizada pela empresa de tecnologia Citrix, quase 90% das corporações deverão oferecer aos funcionários alguma modalidade de trabalho a distância.

Só em 2015, foram mais de 12 milhões de brasileiros registrados em trabalhos remotos em todo o país. Além da redução de custos de manutenção de escritórios, o home-office aumenta a produtividade, por não visar ao resultado direto à chefia, mas, sim, à busca pela qualidade do produto ou serviço final, devido ao distanciamento hierárquico.

E não para por aí. Além de aumentar a produção, o profissional home-office enfrenta alguns desafios diários. O Blog Assaí Bons Negócios trouxe três pontos que podem dificultar a efetividade do trabalho remoto e dicas para enfrentá-los. Confira:

Trabalho de casa ou da empresa?

Foco, foco e foco. Se já é difícil mantê-lo no ambiente corporativo, imagine com as inúmeras possibilidades dentro de casa. De todos os existentes, esse é o principal desafio para o profissional home-office.

Por permanecer mais tempo em casa, há mais chances de interferências, seja de familiares ou atividades domésticas. As vantagens de fazer várias coisas ao mesmo tempo, incluindo atividades do lar, pode ser uma armadilha, principalmente quando você prioriza outros afazeres ao invés de produzir aquele relatório com prazo de entrega nos próximos dias.

Por isso, colocar limites entre o seu trabalho e as coisas que precisam ser feitas na sua casa é o primeiro passo. Criar um espaço exclusivo para o seu home-office é fundamental. Isso evita confundir os ambientes e criar seu espaço de concentração. Tudo isso, aliado a uma organização de horário, evitará possíveis desconcentrações durante o período de trabalho.

Seus sentimentos

Esse desafio pode ser o mais complexo, pois envolve emoções. Um dos grandes problemas dos profissionais home-office é que eles podem acabar criando a sensação de ser a pessoa que menos trabalha no projeto. O FOMO – fear of missing out –, que significa, em português, “medo de perder algo”, é um dos principais sentimentos que podem surgir durante o processo remoto.

O principal ponto é sempre buscar ferramentas para integrar toda a equipe envolvida, seja com nuvens de armazenamento ou programas online gerenciadores de tarefas. Ter a participação de 100% dos envolvidos cria mais confiança e evita possíveis sentimentos de exclusão.

No lado pessoal, o ideal é sempre focar em entregas de resultados ao invés de pensar no tempo que se passa sentado na cadeira produzindo. Crie o hábito de compartilhar todas as atividades realizadas com seus parceiros de projetos. Esse fato criará laços importantes entre você e os demais envolvidos.

A solidão

Por falar em sentimentos, a sensação de estar sozinho pode ser outro fator que prejudica o rendimento no trabalho remoto. Essa sensação acontece, principalmente, quando a mudança do formato de trabalho aconteceu recentemente.

Quando o profissional é mais extrovertido, com uma postura mais voltada ao compartilhamento de experiências profissionais, tende a sofrer mais com o isolamento do home-office.

Por isso, o primeiro passo é identificar se essa comunicação não passa de encontros na copa na hora de pegar um cafezinho ou uma água. Com isso, se for esse o caso, o ideal é utilizar as ferramentas de comunicação de trabalho de forma mais objetiva, passando a ser mais atento às suas interações sociais no trabalho.

Caso contrário, para não perder o vínculo com seus colegas de trabalho, sempre comece as conversas ou os debates com temas de aproximação, seja a indicação de séries, filmes ou restaurantes ou o compartilhamento de experiências pessoais.

Gostou deste artigo? Então o compartilhe com seus amigos, colegas de trabalho e familiares. Dividir experiências, principalmente sobre um tema que cresce cada vez mais no Brasil, é o pontapé inicial para começar uma conversa sobre as tendências de home-office nas empresas.

Você também pode
gostar de:

mesa com pequenos potes de molhos para batata frita - Assaí Atacadista

Molhos para batata frita: aprenda receitas de lamber os dedos!

Saboreie novos molhos para batata frita e deixe a hora do lanche ainda mais gostosa!  

lupa com hamburguer com um mapa mundial no fundo - hamburgueres exóticos - Assaí Atacadista

Hambúrgueres exóticos - uma jornada gastronômica ao redor do mundo

Descubra quais são os hambúrgueres exóticos ao redor do mundo!

fundo vermelho com fita métrica relógio e prato de comida - receitas rápidas - Assaí Atacadista

4 receitas rápidas e saudáveis para comer no dia a dia

Economize tempo preparando estas receitas rápidas para comer!  

Fornecedores do Assaí.

Empresas e indústrias de confiança com produtos de qualidade!