Compartilhe

Comece o planejamento da sua empresa para 2017

O ano de 2016 foi conturbado política e economicamente. Foi um período marcado por mudanças governamentais, que afetaram diretamente a vida dos brasileiros, sobretudo para aqueles que possuem uma empresa. Mas o ano de 2017 está chegando com um novo cenário, e um planejamento minucioso e direcionado é fundamental para garantir que as expectativas do seu negócio não passarão de meras apostas.

Divida seu planejamento anual em quatro frentes: planejamento estratégico de marketing, planejamento de despesas, planejamento de volumes e custos e planejamento de vendas. Entenda melhor cada um deles:

Planejamento estratégico de marketing
Ter um planejamento é essencial para conseguir tirar suas estratégias do papel, além de ser uma vantagem competitiva frente aos concorrentes. A forma mais simples de definir um plano de marketing é como uma ferramenta estratégica gerencial que é utilizada para identificar as forças, fraquezas, ameaças e oportunidades do mercado de forma que você consiga estabelecer metas e objetivos. Em outras palavras, é uma forma de você se antecipar ao mercado, analisando a maneira como ele se comporta e pensando estratégias que se encaixem nesse formato.

Planejamento de despesas
Para ter um controle de budget eficiente, é necessário ter atenção redobrada nas despesas. Ao realizar o planejamento financeiro, o ideal é levar em consideração as necessidades específicas de cada unidade de negócio e centros de custo, ajustando o orçamento empresarial. O planejamento de RH é de suma importância, visto que a folha de pagamento é a responsável por grande parte das despesas da empresa. Planejar as contratações e demissões do próximo período, assim como férias, dissídio coletivo, 13º salário, bonificações e outros encargos, é primordial para um controle de finanças assertivo. O orçamento colaborativo ou descentralizado faz com que a equipe se envolva na gestão orçamentária da empresa, determinando o quanto será destinado a cada centro de custo, fazendo com que gestores e colaboradores se empenhem em cumprir o que foi definido na projeção orçamentária.

Planejamento de volumes e custos
Para indústrias e empresas que trabalham com linhas de produção, é necessário planejar volumes e custos, para analisar o custo da matéria-prima, o custo médio de cada produto, custo de produção versus venda, estoque, entre outros fatores que impactam na gestão financeira de tais instituições.

Planejamento de vendas
Importante para analisar a margem bruta de cada produto, avaliar cada item que está para a venda e sua permanência ou retirada dos pontos de venda, criar uma estrutura de metas por região, unidades e vendedores, alinhando com as expectativas da diretoria. Assim, o planejamento de investimentos também fica de acordo com as estratégias da corporação.

Você também pode
gostar de:

lupa com hamburguer com um mapa mundial no fundo - hamburgueres exóticos - Assaí Atacadista

Hambúrgueres exóticos - uma jornada gastronômica ao redor do mundo

Descubra quais são os hambúrgueres exóticos ao redor do mundo!

fundo vermelho com fita métrica relógio e prato de comida - receitas rápidas - Assaí Atacadista

4 receitas rápidas e saudáveis para comer no dia a dia

Economize tempo preparando estas receitas rápidas para comer!  

pessoas diversas conversando sobre gestão de restaurante com papeis na mesa - Assaí Atacadista

Gestão de restaurante: 8 mandamentos para o sucesso

Os conhecimentos básicos sobre gestão de restaurante estão aqui

Fornecedores do Assaí.

Empresas e indústrias de confiança com produtos de qualidade!