Compartilhe

6 dicas para montar uma lanchonete

Investir no mercado de lanchonetes e restaurantes é uma boa escolha no Brasil. O percentual médio de gastos mensais das famílias brasileiras com alimentação gira em torno de 20% do total de despesas, antecedido apenas por gastos com habitação. Os dados são da última Pesquisa de Orçamento Familiar publicada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Informações do mesmo levantamento apontam que quase um quarto dessas despesas são direcionadas a produtos como café, leite, chocolates, sanduíches, salgados, lanches, refrigerantes e outras bebidas não alcoólicas, além de produtos diet e light, que são itens potenciais para serem vendidos em lanchonetes.

Esses são apenas alguns dos fatores que tornam a abertura desse tipo de empreendimento um bom ramo para investimento. Se montar uma lanchonete está nos seus planos, confira algumas dicas.

  1. O planejamento é importante em qualquer negócio. Em primeiro lugar, é preciso elaborar um bom plano de ação para fazer o empreendimento dar certo;
  2. O local de funcionamento do estabelecimento precisa ser escolhido com cuidado. É importante conhecer os vizinhos comerciais, a concorrência e principalmente o público potencial da região, para, com isso, estabelecer o cardápio mais adequado;
  3. Os tipos de produtos que serão ofertados na lanchonete também precisam ser estudados, pois influenciam diretamente o quadro de funcionários, os tipos de eletrodomésticos que serão necessários, a disposição da cozinha e da vitrine, por exemplo. É preciso definir se haverá fabricação própria, se os alimentos apenas serão revendidos ou também elaborados no local, se eles serão congelados ou frescos, etc;
  4. Invista em comunicação desde o início e planeje bem quais serão suas ações. De acordo com o seu orçamento, você pode usar veículos impressos e comprar anúncios em jornais de bairro, por exemplo, que são um bom canal para atingir o público da sua região. É possível ainda fazer um material impresso de divulgação e distribuí-lo pelo bairro, junto com brindes, como vale-descontos. No meio on-line, você pode usar ferramentas como o Facebook e o Instagram não apenas para divulgar a sua empresa, mas também para fazer pesquisas com o seu público. Que tal postar duas receitas de pão e perguntar aos seguidores qual das duas eles querem ver no cardápio? A ação divulga o espaço, gera curiosidade, aproxima o público e ainda ajuda você a montar sua lista de produtos;
  5. Hoje em dia, muitas pessoas têm uma rotina corrida e buscam praticidade na alimentação. Na hora de montar o seu planejamento, confira se é possível incluir entre as opções lanches rápidos que possa ser levados para casa. Não se esqueça de planejar opções saudáveis, como sanduíches naturais, feitos com pão integral, ou mesmo doces mais leves;
  6. Criar uma identidade é muito importante para que a sua empresa se destaque entre os concorrentes. Para isso, trabalhe no desenvolvimento de uma ou mais receitas que sejam exclusivas do seu cardápio – algo como uma receita da casa! Pode ser um molho, um bolo, um sanduíche ou um pão diferente, por exemplo.

Você também pode
gostar de:

fundo vermelho com fita métrica relógio e prato de comida - receitas rápidas - Assaí Atacadista

4 receitas rápidas e saudáveis para comer no dia a dia

Economize tempo preparando estas receitas rápidas para comer!  

pessoas diversas conversando sobre gestão de restaurante com papeis na mesa - Assaí Atacadista

Gestão de restaurante: 8 mandamentos para o sucesso

Os conhecimentos básicos sobre gestão de restaurante estão aqui

Chá com Água Gelada: entre nessa tendência deliciosa com Leão!

Inove no consumo de bebidas, com o Chá com Água Gelada da Leão!  

Fornecedores do Assaí.

Empresas e indústrias de confiança com produtos de qualidade!