Conteúdo principal

Recursos Humanos - Treinar para expandir

Veículo: 
Renata Vieira - renata.vieira@abril.com.br
Imagem: 
Chamada: 

Em 2011, quando adquiriu a rede de atacarejo Assaí, o Grupo Pão de Açúcar decidiu pôr em prática um agressivo plano de expansão da bandeira no país, que até então tinha apenas 14 lojas na cidade de São Paulo. Para o sucesso da empreitada, não bastava apenas abrir mais lojas. Seria preciso também garantir que um exército de novos funcionários estivesse apto a prestar um serviço de qualidade nas unidades da rede. "Em muitas das cidades nas quais nos instalamos, o modelo de atacarejo não era sequer conhecido", afirma Sandra Vicari, diretora de gestão de gente do Assaí. Diante desse desafio, os executivos da empresa decidiram criar a Universidade Assaí, que já ministrou quase 2 milhões de horas-aula de teinamento em três anos. Para isso, contou com o apoio de dezenas de funcionários experientes e qualificados que passaram a atuar como professores dos profissionais com baixa formação. Nesse mesmo período, 82 lojas foram abertas em 13 estados - o que fez o quadro de empregados do Assaí mais que dobrar. Hoje, eles somam 18 500. "Conseguimos treinar a mão de obra local nova e melhorar a capacitação de funcionários antigos com um custo baixo", afirma Vicari. 

Miniatura: 
Data de publicação: 
quinta-feira, 28 Julho, 2016