Curiosidades

As grandes goleadas da história do Brasileirão Assaí

Hoje é mais difícil (mas não impossível) ver placares tão elásticos. Relembre alguns dos maiores massacres ocorridos em gramados brasileiros

A maior glória para qualquer torcedor é curtir uma grande vitória de seu time. E se for de goleada? Ah, aí não tem preço... Mas os tais placares “elásticos” foram ficando muito raros com o tempo. Apesar de goleadas históricas ainda aparecerem aqui e ali no Brasileirão Assaí, as equipes da competição se fortaleceram, as estratégias de jogo também mudaram e os atacantes já não são absolutos na hora de balançar as redes – hoje, dar assistências se tornou quesito fundamental tão fundamental quanto marcar um gol.

Olhando para os placares mais dilatados até hoje, que detém o título de maior goleada da história do Campeonato Brasileiro é o Corinthians. Os incríveis 10 x 1 sobre o Tiradentes do Piauí, em 1983, foi uma noite apoteótica de Sócrates. O “Doutor” marcou três gols, mas o golaço do jogo foi do lateral Wladimir, que guardou o seu de bicicleta no simpático Estádio do Canindé. Detalhe curioso: foi o Tiradentes marcou o primeiro do jogo, mas não teve forças para segurar o Timão.

O Santos massacrou o Bahia com um 9 x 2, em 1968, quando costumava passar pelos adversários com um ataque capitaneado por ninguém menos que o Rei. Nesse jogo, o Bahia não conseguiu anular a artilharia pesada do Santos. Naquela quinta-feira era simplesmente impossível deter a dupla de goleadores do Peixe: Pelé e Toninho marcaram sete gols.

Em 2001, pouco antes de o Brasileirão adotar o formato de pontos corridos, o Vasco derrotou o São Paulo por 7 x 1 – ou seja, o placar já traumatizava gente por aqui bem antes do vexame do Brasil na Copa de 2014. Naquele dia de alegria do Vasco, Romário brilhou, fez três gols, e sepultou a carreira do goleiro reserva do Tricolor, Alencar, que teve que entrar em campo depois que Rogerio Ceni foi expulso de campo.

As maiores goleadas até 2003:

CORINTHIANS 10 X 1 TIRADENTES-PI (9/2/1983)
VASCO DA GAMA 9 X 0 TUNA LUSO-PA (10/02/1984)
SANTOS 9 X 2 BAHIA (10/10/1968)
FLUMINENSE 8 X 0 FONSECA-RJ (31/8/1960)
GRÊMIO 8 X 0 PERDIGÃO-SC (19/11/1967)
FLAMENGO 8 X 0 FORTALEZA (4/2/1981)
GUARANI 8 X 0 RIVER-PI (3/2/1982)
VASCO 7 X 1 SÃO PAULO (25/11/2001)

As maiores goleadas na era dos pontos corridos (2003-2021)

BAHIA 0 X 7 CRUZEIRO (14/12/2003)
CORINTHIANS 7 X 1 SANTOS (6/11/2005)
FIGUEIRENSE 1 X 7 GRÊMIO (24/7/2008)
FLAMENGO 6 X 0 BAHIA (7/8/2003)
INTERNACIONAL 6 X 0 ATHLETICO-PR (17/7/2004)